O Papa Francisco e a torcida do Galo!

Muitos irão questionar de cara sobre o que tem a ver o título acima, ou melhor, qual a semelhança entre o Papa Francisco e a torcida do Clube Atlético Mineiro, o Galo das Gerais! Que me desculpem os amigos e leitores cruzeirenses – pois não se trata de nada pessoal -, porque não se pode e muito menos se deve misturar paixão futebolística com amizade, digo que, para se aguardar por 42 anos um título importante, de cunho internacional, não é qualquer torcida que suporta. E, entre as poucas que, mesmo com o time em baixa, crescem, esta é a atleticana. Por isto, o título de Campeão da América tem muito ainda que ser festejado.

Sem ironizar, mas a torcida cruzeirense, que está apenas há 10 anos sem conquistar um campeonato em nível nacional ou internacional, já não suporta mais. Imaginem mais de quatro décadas! Por isto, como escreveu o grande jornalista esportivo, saudoso Armando Nogueira, não é por acaso que “somos a Massa”. E esta tão longa jornada nos deu forças para suportar tantas humilhações e mesmo assim com a camisa alvinegra às vestes, sem se importar com as piadinhas. Porque o atleticano torce até contra o vento, como escreveu o grande poeta, saudoso Roberto Drumond.

Mas, onde entra a semelhança entre o Papa Francisco e a torcida do Galo? Na persistência, no modo revolucionário de ser. De não se deixar manipular pelas derrotas. De acreditar sempre, de ter ideais e coragem para mudar. De não se aquietar com as derrotas e ser muitas vezes utópico, assim como lembrou o Papa. Para ele, nem sempre a utopia leva para caminhos errados, muito pelo contrário. Dessa forma, deixar também o coração ter sua vez diante da razão.

Há muito ando descrente da Igreja. Continuo Católico Apostólico Romano, porém sem praticá-la. Mas jamais mudaria de religião apenas por me sentir decepcionado. Mesmo porque em todas as outras, encontraremos bons e maus pastores. E, de repente, chega o novo Papa, cujo nome escolhido não poderia ter sido melhor. Inspirado em São Francisco de Assis, que pregava exatamente o desapego às coisas materiais e a coragem de transformar. E o Papa Francisco, em sete dias de viagem ao Brasil, mostrou a que veio e porque foi ele o escolhido como novo líder da Igreja de Roma. Porque é hora, como ele mesmo falou, de ser revolucionário. De mudar a cara da Igreja Católica, de rever seus conceitos. E o Papa teve a coragem até de incluir na ala da Igreja os homens e mulheres divorciados e os gays. É a Igreja promovendo abertamente a inclusão social e o fim da discriminação que, felizmente, chega com o Papa Francisco.
Não podemos mais viver diante da hipocrisia dentro da Igreja. Afinal, em grande parte os mesmos que pregam não praticam. São santos diante da Casa de Deus e profanos nos cômodos de outras casas. E, assistindo pela TV as imagens onde o Papa aparece sempre em busca do contato com o povo, e como ele mesmo afirmou: “não poderia estar ali dentro de um vidro fechado”, referindo-se ao “Papa Móvel”, onde sempre desfilou sem qualquer proteção, me fez lembrar o saudoso Padre Hildebrando de Freitas, o popular Padre “Juca”, que durante anos comandou as Paróquias da Vila Tanque e São José Operário, sempre procurando o povo. Mas justamente por ter sido transformador, onde jamais discriminou o seu rebanho, acabou sendo perseguido pelos mesmos hipócritas que viviam dentro da Igreja, até ser colocado de lado pelo Bispo de Itabira, Dom Mário Gurgel, tornando-se capelão no Hospital Margarida. Até que morreu de paixão porque não tinha mais contato com o seu povo. Ficou o seu exemplo.

Valeu, Papa Francisco! Valeu, Massa Atleticana! Que Deus nos faça ver o mundo diferente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: