“Kibiseiros”: Toda História tem seu começo

DSC02213

Eu, entre Marquinho Dias e Pedro Paulo, os idealizadores

Tudo tem a sua história e toda ela o seu começo. Apesar de ter ocorrido no último dia 3 de agosto e ter postado apenas em minha rede social do Facebook, no álbum que dedico aos ex-frequentadores do “Kib´s Bar” – que durante mais de duas décadas se tornou ponto de encontro de bons butequeiros de nossa Jota Monlé City -, resolvi aqui e agora, direto de Lavras Novas, dar uma pequena pausa nesta manhã de terça-feira para meu Livro e falar um pouco desse ato de confraternização. Aliás, fazer reencontrar meus velhos amigos é uma paixão que nutro, uma forma de oração. Assim como é no Encontro dos ex-alunos e ex-professores do Polivalente, que estaremos organizando a quarta edição, no próximo mês de setembro. Para mim, o que importa é a felicidade do reencontro, de rever os velhos amigos ou colegas de sala de aula. E, desde que organizo o encontro do Polivalente (o primeiro se deu em setembro de 2002), meu lucro foi Zero, isto quando não tive algum prejuízo. Mas, sinceramente, não importa. O que vale são os causos, as histórias e as gargalhadas, além dos abraços e das lágrimas que saem num momento de emoção.

Mas, como disse lá no início, tudo começa por algum motivo. E assim foi com o Polivalente e com os Kibiseiros, apelido que dei pelo nome do ex-bar do amigo Marquinho Dias. Neste segundo caso, tudo começou com uma crônica de autoria do Frei e teólogo Leonardo Boff, que recebi do amigo e cumpadre Carlos Peixoto, direto de Ipatinga, via-e-mail. Boff falava de sua paixão pelos bares, e dava como exemplo o Mercado central, em BH. Dali, assim que publique aqui no Blog, a reação foi imediata, primeiro por parte do amigo Pedro Paulo e depois através do próprio Marquinho, que também se manifestou. Tudo num dia 16 de novembro de 2011 e, pouco mais de um mês, precisamente no dia 17 de dezembro daquele mesmo ano, estávamos organizando o “I Encontro dos Kibiseiros”. E veio o segundo e no último dia 3, o terceiro. E já fica decretado como data oficial, todo primeiro sábado do mês de agosto. No mesmo “Bat-Local” e sempre na mesma “Bat-Hora”. E, sinceramente, não inventemos moda e nem queiramos fazer uma coisa muito organizada. Porque buteco que se preza, e butequeiro dos bons, não está preocupado com muita organização, mas sim com o prazer do momento de estar junto e da confraternização. Sem essa de querer mudar horário e colocar música ao vivo, pois se pretendem fazer show com a coisa, estou fora. O simples tem de se manter simples e ponto final.

No mais, abaixo fotos do nosso mais recente encontro e os textos que escrevi, a crônica do Leonardo Boff e as postagens do Pedro Paulo e Marquinho Dias que resultaram e provocaram a minha reação em colocar a cara e juntar a turma dos sempre bons e apaixonados butequeiros, os eternos “Kibiseiros”:

Anúncios

2 Respostas to ““Kibiseiros”: Toda História tem seu começo”

  1. Marco Says:

    O encontro é super organizado. ” As camisas são entregues uma semana antes, o almoço é servido sempre na hora certa, a cerveja sempre é comprada na quantidade certa” . Brincadeiras a parte, esta é uma marca do Kibe’s Bar. Um pouco de bagunça com muita alegria e boas lembranças. E viva Leonardo Boff. Quanto a música, o Professor Theophilo mandou muito bem com seu sax.

  2. blogdoleunam Says:

    Com certeza, o Teófilo deu seu show e de forma descontraída, sem nada combinado. Assim que é bom. E quem quiser almoçar meio-dia, que almoce em casa antes de ir para a festa. E este ano teve até a horrososa Skol para atender os malas! KKKKKKKKKKK. Grande abraço, Marquinho. E viva Leonardo Bof!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: