Monlevade perde seus líderes

Estou aqui, pensando com meus botões, por onde andam as nossas lideranças? E cheguei à conclusão de que sucumbiram, escafederam-se, assim como fumaça, foram pro ar. João Monlevade, mesmo nova, está sem líderes, o que provoca a ação de forasteiros descompromissados com a cidade e que aqui chegam, fazem barulho, ganham do dinheiro que aqui circula e depois se vão, gozando nas caras dos trouxas e dando uma banana aos munícipes.

Pois é, mas não creio que o problema seja global, mas Monlevade é um dos lugares onde tal espécie está em extinção. Tivemos tantos homens que tinham compromisso com a comunidade e davam suor pelas causas. Hoje, apenas lembranças de um Germin Loureiro, Antônio Gonçalves, Lúcio Flávio de Souza Mesquita, Virgílio Salomão, Sebastião Gomes de melo, Laudelino Fonseca, Acrício Engrácio, Wilson Vaccari, João Bosco Paschoal, Itamar Gomes Martins, José Machadinho, José de Brito, João “Peixe”, Paulo Moreira, Juventino Caldeira, Vicente da “Farmácia”, João Paulo Pires de Vasconcelos, José Martins Lobinho, Leonardo Diniz, Celeste Semião, Terezinha Mariano, João Calixto Tostão, Sr. Caldeira, Guido Valamiel, Nilton de Souza, Gerhart Michalick, Mestre Lelé e outros nomes que fizeram parte desse seleto grupo e que no momento não dá para citar todos, quando peço minhas desculpas antecipadamente. Pelo visto, não estão sendo mais “fabricados” esses tipos raros, que deixaram aqui suas obras, cada qual em sua área, no seu campo de ação. Hoje Monlevade sucumbe de pessoas como as que citei agora. Hoje as lutas não são mais priorizadas para o bem estar da população, mas apenas para um determinado grupo.

Diante da situação apavorante, assistimos João Monlevade migrar para o lado dos mais bem abastados financeiramente, apenas. Continuamos talvez sendo uma cidade com grande crescimento verticalizado, mas é só. Assistimos impérios se erguendo e, em contra partida, os nossos valores culturais sendo jogados às traças, sem qualquer investimento na área por parte do poder público. E esse descaso já vem de anos, passando de governante para governante, como uma herança maldita. O nosso habitat sendo transformado em prédios construídos em locais que deveriam ser preservados, mas as áreas verdes foram corrompidas pela alta valorização imobiliária, comandada pelo mesmo Cartel que faz e acontece, sem nenhuma atitude para puni-los. Porque aqui a lei favorece quem paga mais. Tudo pela falta de lideranças e a omissão de nossa parte, que continuamos criando cobras e abutres, que aqui chegam para nos engolir. Mas uma coisa é certa: o retorno não irá demorar e pagaremos caro, muito caro, pelo descaso que temos com o lugar onde nascemos e onde habitamos. Hoje eu choro pela falta de nossos líderes!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: