Uma viagem do descaso entre BH a Ouro Preto

O descaso com que algumas empresas de ônibus intermunicipais trata seus passageiros chega a ser desolador. E eu fui testemunho ocular desse fato, ocorrido na tarde de ontem, 2 de dezembro, a partir do momento que um ônibus da empresa “Pássaro Verde”, que fazia a linha Belo Horizonte a Mariana – com escala no Terminal Rodoviário de Ouro Preto -, estacionou na Plataforma “C-1” no terminal da capital. A primeira impressão é sempre a que fica e, do lado de fora, um veículo todo sujo de poeira misturado ao minério, o que provocou em mim uma reação de repulsa para embarcar naquele ônibus. Mas tinha de ir, no horário de 12 hs. e 45 minutos. E fomos, eu e os demais passageiros, entrando e deparando com o piso do veículo nojento, de dar inveja a banheiro de boteco, entre a poeira e restos de alimentos atirados ao chão por passageiros que deveriam ter acabado de desembarcar de outra viagem. Uma cena típica do descaso e desrespeito aos passageiros. Sinceramente, dava medo de recostar a cabeça sobre o forro do banco devido à sua cor amarelada por falta de uma boa lavada. Mas seguimos a viagem, compensada pelo motorista, muito consciente, e o trocador, que sabia tratar os passageiros com educação. E chegamos ao nosso destino.

 Mas ainda havia algo para acontecer. Ao desembarcar no terminal Rodoviário de Ouro Preto, fui ao Sanitário. Limpo, mas mal cuidado e sem manutenção, com todas as torneiras quebradas e sem sabão e nem toalha para lavar e secar as mãos. Isto na cidade considerada um dos maiores pólos turísticos do país. Fazer o quê? Denunciar pra quem?

Anúncios

Uma resposta to “Uma viagem do descaso entre BH a Ouro Preto”

  1. Vilney M. Assis Says:

    Marcelo, já fiz várias reclamações na Secretaria de Transporte de Minas Gerais, Agência Nacional de Transportes Terrestres e até hoje nada. Já sugeri inclusive à prefeitura que fizesse uma reunião com o pessoal da Gontijo.
    Os ônibus que fazem a linha de João Monlevade/BH são no mínimo com 10 anos de uso. Pneus recauchutados ou em péssimo estado de conservação. Já conversei na Gontijo e até hoje nada. Só promessas.
    Ao chegar à plataforma de embarque na rodoviária de BH perceberá que a única cidade que a gontijo coloca ônibus velho é para João Monlevade. E até agora nenhuma providência foi tomada.

    abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: