Archive for março \31\UTC 2014

Monlevade divulga programação de aniversário da cidade

31 de março de 2014

A Prefeitura de João Monlevade, a Fundação Casa de Cultura e a Câmara Municipal divulgam hoje, 31, os eventos que compõem as comemorações do cinquentenário da cidade, celebrado no próximo dia 29 de abril.

A população de João Monlevade e região poderá prestigiar os diversos eventos que serão totalmente gratuitos.

Os detalhes de cada evento serão divulgados posteriormente pela Prefeitura e pela Câmara de João Monlevade.

PROGRAMAÇÃO – JOÃO MONLEVADE 50 ANOS

 

DATA EVENTO
02/04  

EVENTO: Resgate Histórico: A História de João Monlevade em fotos

Exposição de fotos de importantes momentos de João Monlevade, ao longo dos 50 anos. A exposição será no saguão da Câmara Municipal e ficará aberta a visitações durante o mês de abril.

LOCAL: Câmara Municipal

 

03/04  

EVENTO: Lançamento do selo e carimbo – Monlevade 50 anos

Parceria com os Correios. O carimbo será utilizado durante 30 dias na agência de João Monlevade.

LOCAL: Auditório da Prefeitura

HORÁRIO: 17 horas

 

04/04  

EVENTO: Lançamento do Projeto “Monlevade em Foco”

DESCRIÇÃO: Fóruns que discutirão os próximos 50 anos da cidade

LOCAL: Câmara Municipal

HORÁRIO: 18h30 horas

 

07/04  

EVENTO: Exposição de artesanato

Lançamento de uma série de exposições que apresentarão os artistas da cidade. As exposições serão no saguão da Câmara Municipal e ficarão abertas a visitações durante 20 dias.

LOCAL: Câmara Municipal

 

EVENTO: Quarteto de Cordas Libertas

Em parceria com o Projeto de Interiorização do CREA Cultural, com a participação da inspetoria do Conselho em João Monlevade, o Quarteto de Cordas Libertas apresentará seu repertório de músicas de câmara.

LOCAL: Anfiteatro do Centro Educacional

HORÁRIO: 20 horas

 

13/04  

EVENTO: Festival de Ritmos do Pelc

Apresentação dos trabalhos artísticos e esportivos realizados pelo Programa de Esporte e Lazer na cidade.

LOCAL: Praça do Povo

HORÁRIO: 13 horas

 

15/04  

EVENTO: Diversão em Cena – Peça: O papel roxo da maçã

Realização da Fundação ArcelorMittal Brasil, em parceria com a Prefeitura, através da Secretaria de Educação, e da Casa de Cultura.

LOCAL: Anfiteatro do Centro Educacional

HORÁRIO: 19 horas

 

16/04  

EVENTO: Show do cantor Chico Lobo

Em parceria com o Projeto de Interiorização do CREA Cultural, com a participação da inspetoria do Conselho em João Monlevade, o cantor mineiro Chico Lobo, mestre na viola popular e caipira.

LOCAL: Praça do Povo

HORÁRIO: 19 horas

 

22 a 24/04  

EVENTO: Exposição do Projeto Nossa Cidade é a Nossa História

Projeto em comemoração ao cinquentenário do município, onde os alunos terão a oportunidade de conhecer a cidade, através do resgate histórico e da análise dos aspectos atuais, e apresentar o produto desses estudos e pesquisas em uma exposição aberta à visitação, que receberá em média 800 alunos por dia e a comunidade monlevadense, protagonista desta história. Na oportunidade, serão premiadas as melhores produções do Concurso Fotográfico “Minha cidade sob um olhar encantador”, que está sendo realizado entre alunos das escolas da cidade. O 1º lugar receberá um Notebook, o 2º lugar um tablet e 3º lugar uma máquina fotográfica.

LOCAL: Real Esporte Clube

HORÁRIO: Durante 3 dias

 

24/05  

EVENTO: Palestra “Educação Financeira”

Em parceria com a Caixa Econômica Federal, servidores públicos terão a oportunidade de receber orientações sobre a importância do planejamento e da educação financeira.

LOCAL: Auditório da Prefeitura

HORÁRIO: 13h30

 

 

EVENTO: Mostra Social

A Secretaria Municipal de Assistência Social apresentará as atividades desenvolvidas pelo CRAS, CREAS, Bolsa Família e benefícios eventuais em nossa cidade. Na oportunidade, haverá o lançamento do Projeto “Não doe esmola, doe cidadania”.

LOCAL: Praça do Povo

HORÁRIO: Durante todo o dia

 

25/04  

EVENTO: Seresta COMTI – 50 anos de música

O coral do Conselho Municipal da Terceira fará uma apresentação de músicas de seresta, com participação de corais da cidade, mostrando os talentos e a tradição da cidade neste estilo.

LOCAL: Praça 7

HORÁRIO: 19 horas

 

26 e

27/04

 

EVENTO: 1º Festival de Capoeira de João Monlevade

Uma parceria entre a Associação Beneficente de Capoeira Cultura Negra, através do Professor Sacy, e o PELC.

 

26/04 – Roda aberta

LOCAL: Praça do Povo                                                  HORÁRIO: 16 horas

 

27/04 – Batizado e trocas de cordas

LOCAL: Quadra do Centro Educacional  HORÁRIO: 13 horas

 

 

 

26/04

 

 

EVENTO: Chorinho e Samba na Praça

O projeto Chorinho e Samba na Praça é uma parceria com o SESC.

LOCAL: A definir

HORÁRIO: 20 horas

 

27/04  

EVENTO: Corrida e caminhada “Monlevade 50 anos”

Uma parceria das Secretarias Municipais de Esporte e Saúde, o evento busca promover e fomentar a prática de atividades esportivas na cidade. Haverá aferição de pressão arterial, glicose, teste rápido de sífilis e DST/AIDS, dicas com nutricionista, orientações gerais de saúde, aula de alongamento e muito mais. Parceria com a Caixa Econômica Federal, Café 3 Corações, Supermercado Fraga, Hiper e Super Comercial Monlevade, Projetelle Engenharia, Farmácia Barros, Bioforma, Câmara Municipal.

LOCAL: Praça do Povo

HORÁRIO: 8 horas

 

EVENTO: Show do Patati Patatá / Lívvia Bicalho

Grande show para crianças com os famosos palhaços Patati Patatá e, logo após, apresentação de Lívvia Bicalho.

LOCAL: Parque do Areão

HORÁRIO: a partir das 17 horas

 

28/04  

EVENTO: Abertura dos Jogos de Minas

João Monlevade sediará a Etapa Microrregional dos Jogos de Minas, em parceria com a Secretaria de Estado de Esportes.

LOCAL: Real Esporte Clube

HORÁRIO: 19 horas

 

EVENTO: Show de Cesar Menotti e Fabiano

Grande show em comemoração aos 50 anos da cidade, César Menotti e Fabiano se apresentarão gratuitamente. O cantor monlevadense Fabrício DiPaula fará a abertura do evento.

LOCAL: Parque do Areão

HORÁRIO: 22 horas

 

29/04

 

 

EVENTO: Hasteamento de bandeiras

LOCAL: Prefeitura

HORÁRIO: 8 horas

 

EVENTO: Missa em Ação de Graças

Celebrada pelo padre Ricardo Caricati, em ação de graças pelo cinquentenário da cidade.

LOCAL: Igreja São José Operário

HORÁRIO: 9 horas

 

EVENTO: Solenidade Câmara

LOCAL: Anfiteatro do Centro Educacional

HORÁRIO: A definir

 

EVENTO: Festival de Peteca, Basquete e Esportes Radicais

LOCAL: Quadra do Baú

HORÁRIO: 11 horas

 

EVENTO: Show de Paulinho Pedra Azul no Circuito Cine Show

Através do Projeto Cine Show, haverá a exibição de um filme nacional e, logo após, grande show do cantor Paulinho Pedra Azul

LOCAL: Parque do Areão

HORÁRIO: 19 horas

 

04/05  

EVENTO: Rua do Lazer – PELC e CRAS

Brincadeiras, recreação, apresentações artísticas e de dança e distribuição de guloseimas para crianças e adolescentes assistidos pelo PELC e pela CRAS.

LOCAL: Sede do CRAS, no Bem Viver.

HORÁRIO: 13 horas

 

05/05  

EVENTO: Exposição Cultural – Valorizando nossos artistas

Lançamento de uma série de exposições que apresentarão os artistas da cidade. As exposições serão no saguão da Câmara Municipal e ficarão abertas a visitações durante 20 dias.

LOCAL: Câmara Municipal

 

EVENTO: Lançamento do Livro “Saga – Memórias de um jornalista do interior”

A obra do jornalista monlevadense Marcelo Melo, que é um documentário que registra as últimas décadas da história de João Monlevade.

LOCAL: Casa de Cultura

HORÁRIO: 19 horas

Anúncios

Mais uma prova da discriminação racial de nossos políticos

30 de março de 2014

O Congresso aprovou um Projeto de Lei que reserva 20% de vagas a concursos públicos para negros. Assim como para as faculades, mais uma vez os senhores deputados e senadores batem o martelo  comprovando a tese de que a discriminação racinal neste país é latente, já que considera o negro menos capacitado do que pessoas de outras etnias. Considero o fato uma tremenda demagogia e o ato de lavar as maãos como se fosse resolver os problemas sociais do Brasil. Sobre o caso, muito feliz o comentário da amiga Lutécia Mafra Espeschit, bancária e fotógrafa, postado na rede social do Facebook agora a pouco, e que posto abaixo:

“O governo acredita que só os negros e os afro-descendentes é que não têm capacidade de serem aprovados num concurso público. Conceder cotas aos negros, que dizem ser todos pobres e sem chance de ascensão social, é bem mais fácil que melhorar a qualidade do ensino público e gratuito onde, além dos negros e pardos, existem brancos, amarelos e vermelhos também pobres e sem chance de ascensão social, que não têm acesso a informação digital, a livros, a revistas, jornais e ENSINO DE QUALIDADE”.

Parabéns, Lutécia, faço minhas as suas palavras.

Sábado: dia de se “amineirar” e visitar os velhos conhecidos

29 de março de 2014

Hoje, morando fora de minha querida Jota Monlé City, o que me deixa às vezes meio entediado é a saudade dos amigos. Afinal, aqui que está minha história. Aqui nasceram meus dois filhos, me fiz socialmente e profissionalmente por essas bandas..Tenho orgulho, sim, de ser monlevadense da gema. Da Vila do Tanque. E na manhã deste sábado, ao sair para entregar alguns convites sobre o lançamento de meu Livro, parei na casa do grande amigo Geraldo Cardoso – desde os tempos da Rádio Tiradentes/Globo, e depois nas passagens pela Alternativa e a Cultura – para convidá-lo e dali rumamos para a Vila Tanque. Ali, uma parada tradicional no “Barracão” do “Sérgio cabeção”, ali no final da Rua 16, onde encontrei alguns amigos da Velha Guarda. Um anguzinho e um pedacinho de torresmo, uma prosa rápida e depois um pulo até a Tietá, onde fomos saborear a boa comida caseira e mineira na casa da família Roberto, da Tia Nilza Roberto e das irmãos que ali etavam, Nedina, nirlei e Níveia. Uma cerveja gelada, uma boa prosa, muitas histórias e gargalhadas e, como não poderia faltar, saudade da grande cantora Neide Roberto, e sua voz fantástica.

Pois é, mas como dizia ao amigo Cardoso, uma  manhã/tarde diferente e com jeito amineirado de ser. Infelizmente, hoje as pessoas perderam um pouco do encantoe da identidade mineira, de visitar os velhos conhecidos, jogar conversa fora, para um cafezinho, uma broa de fubá ou até uma boa cachacinha. Nem mesmo os vizinhos têm mais este costume, de ficar na calçada proseando, falando das novidades velhas. Sinceramente, valeu muito o que vivi hoje, sentindo a minha Monlevade dos meus tempos de infância, onde era comum a gente “perder” tempo jogando conversa fora, Nada mais gratificante, salutar, do que ter este tempo para ser aproveitado com gente que gosta da gente.

Aqui os dois momentos que registram os reencontros com os velhos conhecidos, neste sábado que decidmos retornar com a mineiridade.

GEDSC DIGITAL CAMERA

GEDSC DIGITAL CAMERA

Obrigado, aos alunos e professores do Eugênia Scharlé

27 de março de 2014

Hoje passei momentos maravilhosos na Escola Municipal Eugênia Scharlé, onde a direção da escola e professores realizam um projeto muito interessante sobre os 50 anos de João Monlevade. Pude levar um pouco da história da cidade a alunos do quinto anol, através do Site www.morrodogeo.com.br

Aqui, concorme fotos abaixo, junto ao alunos de duas salas, cujas professoras são Tássia Mara Souza e Valdete. Obrigado pelo carinho e pelo trabalho que estão realizando pelas nossas crianças. Aliás, um abraço especial aos alunos, que me trataram tão bem. Vamos retornar outras vezes, com certeza, e também obrigado à diretora Cássia e a vice-diretora Maura.

Foi muito bom reencontrar a escola onde fiz meu curso primário, ali na velha e querida Vila Tanque.

GEDSC DIGITAL CAMERA

GEDSC DIGITAL CAMERA

 

Concurso Público da Câmara de João Monlevade é neste domingo

27 de março de 2014

O concurso da Câmara Municipal de João Monlevade será realizado no próximo domingo, dia 30. São cerca de 700 candidatos inscritos paras as 11 vagas disponíveis. As provas terão inícios às 9h e serão aplicadas em duas escolas: Escola Municipal Israel Pinheiro e Escola Estadual Louis Ensch.As vagas são para os cargos de Agente Parlamentar II – Motorista; Agente Parlamentar I – Compras, Licitações e Contratos; Agente Parlamentar I – Portaria; Agente Parlamentar I – Recepção; Agente Parlamentar I – Telefonia; e Agente Parlamentar I – Zeladoria. Os salários variam de R$1.069,79 a R$1.407,62.

Conforme previsto no edital do concurso público, os candidatos devem comparecer com antecedência de 30 minutos, e portando caneta esferográfica preta ou azul, documento de identificação, além de comprovante de inscrição. A relação dos candidatos, bem como o local em que farão as provas estão disponíveis no Quadro de Avisos da Câmara, no site do Legislativo (www.camarajm.mg.gov.br) e ainda no site da Seap Concursos (www.seapconcursos.com.br).

Para o presidente da Câmara, Guilherme Nasser, a realização do concurso é uma importante conquista. “Depois da anulação do último, conseguimos fazer um novo edital e promover este concurso. Esta é uma conquista para toda a cidade. Esperamos que as provas sejam tranquilas e que tudo ocorra com tranquilidade. Desejo boa sorte aos candidatos”, destacou.

 

Prefeitura de Monlevade realiza serviços pela cidade

26 de março de 2014

A Prefeitura de João Monlevade realiza reparos e melhorias em vários pontos da cidade, como colocação de meio fio, revitalização com bloquetes e sinalização de vias.

Na Rua Gaivota, no bairro Cidade Nova, a equipe trabalha na colocação de meio-fio. No Teresopolis várias vias estão recebendo reparos dos bloquetes e a Rua Santa Rita passa por revitalização da sinalização horizontal. Outras regiões da cidade receberão os serviços.

Limpeza Pública

Na Avenida Getúlio Vargas, altura do bairro Areia Preta, o canteiro central está recebendo serviço de poda, capina e corte de grama. A Avenida Rodrigues Alves também passou pelo serviço, assim como o trevo do bairro Santa Bárbara, próximo ao Via 2000, e a área do Velório Municipal. Uma equipe da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos realiza limpeza geral do Parque do Areão.

Nos próximos dias, os trabalhos de limpeza urbana serão intensificados. O processo licitatório para contratação da empresa que será responsável pela prestação do serviço está sendo finalizado, sendo que a homologação do resultado foi publicada ontem, 25. O contrato deve ser assinado em breve e a Ordem de Serviços será emitida pela Administração Municipal, a fim de que seja dado início às atividades.

A empresa Pontes de Minas, de João Monlevade, venceu o certame, pelo custo de R$2.783.290,41.

Obras

Colocação de meio fio em uma rua da cidade

Dia da Água em Monlevade

26 de março de 2014

Na última sexta feira, 21, a Prefeitura de João Monlevade, através da Secretaria de Meio Ambiente, comemorou o Dia Mundial da Água com atividades na Amepi. Os alunos dos 5º e 6º anos da Escola Municipal Cônego José Higino de Feitas participaram de palestras, oficinas, trilhas e gincanas, conforme mostra foto abaixo.

As atividades ocorreram no Núcleo de Educação Ambiental da Associação e foram desenvolvidas em dois turnos.

O evento teve apoio da Sênior Consultoria Ambiental, Policia Militar Ambiental e Amepi.

Água

Dedico o dia de hoje a duas grandes e velhas amigas…

25 de março de 2014

Hoje, não sei por que cargas d´água, mas gostaria de dedicar este dia a duas amigas. Devemos não ter vergonha de expressar o que sai de dentro, no exato instante, porque trata-se de uma oportunidade única. E se hoje a Internet nos dá esta oportunidade, não podemos perdê-la, jamais. Amanheci com uma vontade de reencontrar duas velhas amigas, dos tempos de adolescentes na nossa Vila Tanque, o nosso bairro, onde passamos tempos maravilhosos, até que cada um de nós tomou seu rumo. Mas o tempo deu tempo ao tempo e acabamos nos reencontrando algumas vezes e sempre com o mesmo afeto, a mesma velha e boa amizade. Porque amizade é assim, podemos estar distantes, mas nossos caminhos se cruzam entre o belo e o eterno, porque de uma forma ou de outra sentimos a falta deste amigo.

Pois é, mas quero dedicar o dia de hoje a duas velhas amigas, irmãs: Benildes e Isabel, da família Coura dos Santos, filhas do saudoso Sr. Paulo Moreira e da grande dama, Dona Nini. Vizinhos na parte de baixo da Vila e dai em diante pudemos sorrir muito, gargalhar, beber, brincar. Mesmo que a dispersão viesse, porque tomamos rumos diferentes e conhecemos amores. Nos casamos, tivemos filhos, mas esta ligação jamais passou, este elo de amizade, de cumplicidade e logicamente também de arranhões. Porque amigo que se preza, também se briga. Mas o bom da amizade, é que ele sempre retorna. Como diz o poetinha Vinícius, entre perder mil amores e uma amizade, prefiro ficar com a primeira opção. Porque são raras, não se explicam, são consumo da empatia.

Assim, sem eira e nem beira, hoje acordei manso, e com muita saudade de vocês duas. E, como diz o poeta Gonzaguinha, “temos muito ainda a aprontar por aí. Muito a viver por aí”…  Beber umas e rir muito de nossas histórias, entre o Polivalente e o Coral de Seu Lelé. Nas festas de 15 anos na laje da casa de Dona Nini e Seu Paulo. No acampamento no sítio do Guido. O teatro e nos ensaios intermináveis na Arpas, até a glória no dia da apresentação. A conversa na esquina…

A vocês duas, “manas”, meu carinho e saudade. Meu apreço e que Deus continue iluminando os seus caminhos e que a nossa amizade, que já é eternizada, mantenha-se eterna.

 

Galo, 106 anos de história e glórias!

25 de março de 2014

Galo de Briga

Hoje, 25 de março, o Clube Atlético Mineiro comemora 106 anos de história. O mais antigo de Minas é também o mais tradicional e quase da idade da capital mineira, BH. Poucos anos de diferença. E o Galo das Geraes honra o nome de Minas por onde quer que vá. Lógico que já passamos por muitas desilusões  e poderia citar aqui algumas. No entanto, as mais marcantes foram na final do Brasileiro de 1977, disputado em 5 de março de 1978, quando tínhamos aquele timaço, invicto, e perdeu nos pênaltis para o São Paulo, no Mineirão, e no mesmo jogo em que o covarde do Neca pisou em Ângelo, praticamente dando fim de forma prematura à sua carreira. E sem Reinaldo naquela final. Depois, na final de 1980, contra o Flamengo, naquele 1º de junho, quando fomos roubados no Maracanã pelo árbitro José de Assis Aragão, vulgo “Aramengo”. Na primeira partida, quando tive o prazer de estar no Mineirão lotado, vencemos por um a zero. E, por fim, no fatídico 21 de agosto de 1981, quando o safado do árbitro José Roberto Wright, vulgo “Rato”, conseguiu a façanha de expulsar, de uma só vez, cinco jogadores do Galo – Éder, Reinaldo, Palhinha, Chicão e Osmar Guarnielli – na partida decisiva contra o mesmo Flamengo pela Libertadores, no estádio Serra Dourado, em Goiás. Mas continuamos atleticanos, sempre! Porque temos orgulho desta marca.

Pois é, mas os momentos felizes foram maiores, mesmo que, com o Galo em campo, o sofrimento faz parte da rotina. Como foi na Libertadores do ano passado, como foi no Brasileiro de 1971. Fomos os primeiros em tudo, ou seja, os primeiros campeões, a começa pelo Campeonato Brasileiro. Não adiantou a famigerada CBF ter tentado mudar a história de nosso futebol, considerando também como campeonatos de nível nacional o “Robertão” e a “Taça Brasil”. Ninguém muda a história como forma de fazer dela um trampolim político. Portanto, o Galo é o 1º campeão brasileiro, de fato, cujo torneio teve início exatamente no ano de 1971.

Galo, a você, o meu sentimento de amor, mesmo que por muitas vezes cheguei a ter raiva de você. Mas não há torcedor apaixonado que não passe por momentos de ira durante uma partida de seu time. Faz parte do termo Paixão. Assim, como na foto acima, na capa de um disco do mineiro João Bosco, também natural de Ponte Nova, como nosso sempre ídolo Reinaldo, o Galo é sempre de briga, mas de briga nas quatro linhas. Valeu, Glorioso. Parabéns nesta data querida!

Regime militar ou PT? Estamos mesmo no fundo do poço…

24 de março de 2014

Lendo agora em um Blog a manchete “População brasileira já começa a pedir a pedir a volta do regime militar no país” (sic), percebi que eu também faço parte da população brasileira. E, como parte dela, não quero de forma alguma ter de volta o regime militar para governar o país e muito menos o retorno de uma ditadura. Então, qual “População Brasileira” pediu? Quando se monta uma chamada de matéria insinuando, é uma coisa, mas sendo ela afirmativa sem veracidade, aí eu diria que é muita falta de respeito para com os leitores. Mais honestidade, por favor! Afinal, o movimento partiu de alguns moradores de Belo Horizonte, das regiões da Savassi e do Lourdes (áreas mais caras da capital mineira), querendo justificar tal pedido como única forma de acabar com a violência e a corrupção nesta terra chamada Brasil. Além de impedir que os “comunas” tomem conta de nosso país.

Olha, que alguma coisa urgente tem de ser feita, isto tem. Afinal, o governo petista, durante os últimos 12 anos, nada fez para minimizar, por exemplo, o problema das drogas no país, sendo hoje o provocador de mais de 80% da violência urbana. O PT não fez nada e nem fará, pois parece que a onda de violência, para a turma do José Dirceu, Lula e Dilma, é uma causa natural gerada pelo crescimento urbano. E pelo visto lucram com ela, através da doação de bolsa-presídio, bolsa-meretriz, bolsa-crack, bolsa o caralho a quatro. E aí, melhor roubar, estuprar, assaltar, do que trabalhar para receber um mísero salário, às vezes mínimo. Então, ensina seu filho a ser bandido e irá ganhar um salário para que ele seja ainda sustentado pelo governo. E comerá às nossas custas e ainda receberá um salário para isso. Trocando em miúdos, no Brasil do PT os valores sucumbiram.

Mas, voltando a falar em regime ditatorial e militar, nem gosto de pensar. A minha geração, nascida entre os anos de 1957 a 1960, não sofreu com o período. Mas, e nossos país, nossos avós? E a geração que foi torturada e assassinada nos porões da ditadura. Muitos inocentes pagaram com suas vidas durante os anos de chumbo. Eu, perder minha liberdade de expressão? Não poder falar e nem escrever o que penso. Não ter livre arbítrio. Olha, o governo petista é uma droga, concordo. Mas, daí, a mudar para o regime militar, jamais. Temos de exigir segurança, saúde e educação, o essencial. E acabar com essa violência, onde tentam tapar o sol com a peneira usando esta mídia maldita global e outras, com copa do mundo e olimpíadas, como se estivéssemos nadando em berço esplêndido. Aí já passou dos limites, mas regime militar, nem mais a burguesia o deseja.

Ou seja, se as saídas são o regime militar ou o PT, estamos mesmo no fundo do poço.