A hora do Dia “D”

Desculpem os amigos e leitores, mas o momento é único e devido a essa ansiedade natural, tenho talvez eixado um pouco a desejar aqui neste espaço. Mas prometo retornar ao meu habitat tão logo dê o pontapé inicial no lançamento de meu projeto literário. Faltam apenas três dias e cada minuto a menos é uma ponta de expectativa a mais. Afinal, a experiência que a vida nos faz adquirir, torna-nos mais exigentes e, como afoito que sempre fui, mais ansioso. E, talvez por ser este Livro uma espécie de documentário, com fatos e personagens reais, a responsabilidade é tensa, apesar de ter a convicção de que fiz um trabalho de pesquisa altamente responsável e coloquei no papel aquilo que realmente foi fato e onde estava eu como testemunha ocular.

Não importa, mas às vezes, durante o sono, a cama me empurra pra fora e os sonhos são frequentes sobre o Dia, que para mim, com toda certeza, será o “D”. E faço uma viagem pelo tempo desde a minha infância, na Vila Tanque, junto aos meus pais e meus irmãos, aos vizinhos e amigos que passaram por nós. E que, felizmente, continuam entre a gente. Me vejo correndo pela Contorno em busca de sonhos, pelas escolas Eugênia Scharlé e Polivalente. Sinto como se o passado não tivesse tão distante, justamente porque foi através dele que me fiz profissional, pela minha criação, pelos valores que aprendi nesta lida. E hoje, com a graça de Deus, posso dizer que dou minha contribuição para a história do lugar de onde eu vim. E melhor ainda saber que não vim por acaso.

Pois é, mas está chegando o Dia “D”. Dia de lançar esta “Saga”, através de um trabalho onde tive de correr atrás de muitos impressos, e uma extensa pesquisa, porque três décadas são uma raça de tempo. E foi através da profissão que escolhi, e a qual tenho uma louca paixão, que tive a oportunidade de correr atrás e relatar este momento, onde vivi experiências únicas e poderei mostrar agora tanto dos bastidores das notícias. Portanto, até lá, dia 4. Afinal, a escolha desta data, apesar da coincidência, não foi um acaso, porque nada é por acaso. Afinal, me iniciei na carreira num dia 4 e lanço este trabalho no mesmo dia do mês, porque assim tem de ser. E conto com a presença dos amigos e convidados. E que a luz divina nos preteja, sempre!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: