Como diria Chico, estamos mais moços. Ainda assim, minha indignação contra um colega de Faculdade

Nunca fui de me omitir diante dos fatos e muitos menos fazer “vistas grossas”. Não faz parte do meu perfil. E, antes de ir aos “finalmente”, quero primeiro ficar nos “entretanto”. Afinal, ao ler na manhã deste sábado a última postagem do amigo Chico Franco, em seu Blog (http://chicofranco35.blogspot.com.br/), percebi o quanto nos tornamos mais moços, apesar dos anos passarem rapidamente. Chico mostrou sua forte personalidade e ao mesmo tempo seu jeito sensível de ver as coisas, de perceber a vida. Foi grato pelas memórias que publiquei no Livro (“A Saga: Memórias de um Jornalista do Interior”) e nas passagens com o Márcio Passos, no jornal “A Notícia”. Excelente articulista, Chico foi muito feliz em seu artigo. E daí, ao perceber o que o velho amigo quis dizer, resolvi refletir mais um pouco sobre os comentários que iria fazer contra o jornalista e editor do jornal “A Notícia”, Breno Eustáquio, e não perder a ternura, mesmo endurecendo. Porque, como sempre dizia minha ex-esposa Marilene Cruz e como sempre cita minha esposa Carla Santos, melhor mesmo é ficar com o bom e ignorar o mau, porque esquecer sempre o bem acaba nos fazendo mal.

Pois é, mas não poderia aqui passar em branco e deixar de tecer minhas considerações, porque me calar também acaba provocando certa ansiedade e desgaste emocional. Mas nada que seja agressivo, como seria não tivesse lido hoje o artigo de Chico Franco. Incomodou-e bastante não ter uma citação sobre o lançamento de meu Livro nas páginas do jornal “A Notícia”, na edição de terça-feira última, de 8 a 10 de abril/2014, mesmo com toda cobertura feita pelo amigo e jornalista Luiz Ernesto Guimarães, funcionário do jornal, durante o evento, ocorrido na noite do dia 4, no antigo Hotel Cassino. Imediatamente liguei para ele, quando fui informado de que a matéria havia sido feita e que, sem entender os motivos, não foi publicada. E nada também saiu publicado na edição especial sobre os 30 anos do periódico, que circulou nessa sexta-feira, dia 11. Como já previa, uma determinação do editor do bi-semanário, Breno Eustáquio, meu colega de Faculdade no IES/Funcec, formandos da 1ª turma de Jornalismo (2002/2005), de não sair a matéria. O mesmo jornalista que usou artigos de autoria do professor Geraldo Eustáquio Ferreira (Dadinho), em biografias publicadas no jornal “Morro do Geo”, sem ao menos citar as fontes, sem qualquer ética profissional. Porque, mesmo que a história não tenha dono, citar as fontes é um compromisso.

Deixa pra lá, porque cabe ao editor de um periódico decidir o que se publica ou não. E quem sou eu para reclamar de alguma coisa, não é mesmo? Afinal, o mesmo jornal “A Notícia”, em sua edição que circulou no último dia 28 de março, concedeu-me um espaço de 1 página, de capa, no Caderno “Variedades”, para que falasse sobre a minha obra literária. Aliás, uma matéria muito bem elaborada pelo Luiz Ernesto Guimarães, que desta feita não ficou decepcionado pela não publicação da reportagem. Porque, posso falar de cadeira em tantos anos de redação, mas se há uma coisa que frustra um repórter é ele sair para cobrir um fato, perder tempo, fazer fotos, redigir o material, revisar e não ver nada publicado. Já aconteceu comigo e fica a mágoa. Mas tudo bem, porque ninguém é obrigado a gostar da gente. O cara tem de ser ao menos ser profissional, porque, modéstia à parte, foi o lançamento de um Livro relatando parte da história de João Monlevade, um acontecimento, e todos os demais órgãos de imprensa da cidade que estiveram presentes fazendo a cobertura, publicaram nas páginas de seus jornais, desde o “Diário do Vale”, até o “Bom Dia”, passando pelo “Hora Certa” e o “Última Notícia”. De qualquer forma, meu muito obrigado!

No entanto, fica a sabedoria do jornalista Chico Franco, meu companheiro de muitos anos na mídia impressa e falada de João Monlé City. E as minhas congratulações ao jornalista Márcio Passos, pelos 30 anos deste grande jornal, que divida a história da imprensa em nossa região, entre o antes e o depois do “A Notícia”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: