Lavras Novas: Nativos denunciam a falta de consciência embiental

O Distrito de Lavras Novas, onde resido há pouco mais de um ano, tem sofrido com a falta de água há semanas e sua população, em torno de 1.300 habitantes, tem pagado caro com o problema. No entanto, enquanto a grande maioria, entre nativos e habitantes que vieram de outros canto, paga um preço alto pela carência de água , não apenas em razão da estiagem que castiga toda a região sudeste do país, mas também pela falta de vontade política do prefeito de Ouro Preto, José Leandro, que pouco ou quase nada se importa com o Distrito – hoje grande fonte de arrecadação do município pela grande riqueza cultural e natural e portanto um potencial turístico -, uma minoria joga água fora lavando quadriciclos para servir aos turistas nos finais de semana. O fato tem gerado revolta e alguns nativos estão se manifestando a respeito da questão, pela rede social do Facebook. Seguem comentários abaixo de dois moradores:

Só me respondam até quando nós, que Somos NATIVOS, vamos ficar carregando água no carrinho ou carro, ou mesmo nas costas, Pra essas Merdas Ficarem Usando água pra lavras Quadriciclo… Isso mesmo: vamos ficar de mãos paradas e vendo eles gastando o que estamos economizando… Vamos Juntar. Chega desse povo que vem de fora e fazer o que quer na nossa cidade. Já basta acabar com todas nossas estradas. Agora, nós,  da cidade, sofrer sem água nem pra banho pra esses LINDOS ficarem lavando veículos???!!! Até QUANDO?? Acorda Lavras Novas. Desse jeito vamos ter que sair pra eles tomarem conta, como querem. Acorda enquanto ainda está em Tempo”…

Gustavo Gomes – Proprietário de pousada em Lavras Novas

 

“Que lamentável, vermos pessoas ignorantes e com falta de cidadania , humanidade e consciência ambiental em nosso meio. Lavras Novas é um paraíso ambiental e só continuará assim se nós, todos, nativos e não nativos, e principalmente os empresários, fazerem suas partes. Há espaço para todos, mas para isso, temos de estar unidos e imbuídos no mesmo sentimento, responsabilidades e deveres para com um bem, sempre, maior”.

Aguinaldo cruz – Técnico em Meio Ambiente

Parabéns as amigos Gustavo e Aguinaldo pela coragem e consciência. Também sou forasteiro nesta terra maravilhosa e de um povo ímpar, mas concordo plenamente contigo justamente pela falta de compromisso de certas pessoas para com a comunidade, vindas de outros cantos para ganhar dinheiro em Lavras Novas e não ter a sensibilidade no caso em questão, que é a falta de água que já ocorre há semanas no Distrito. Vocês, nativos – como citou – têm de tomar uma atitude contra esta falta de respeito. Se o povo for omisso, será consumido pelo tempo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: