Archive for novembro \27\UTC 2014

“Nós somos Campeão dos Campeões!…

27 de novembro de 2014

GEDSC DIGITAL CAMERA

“Se houver uma bandeira no varal, o atleticano torce contra o vento” (Roberto Drumond)

Foto quer fiz na manhã de hoje, ao lado de minha casa, aqui em Lavras Novas. Aqui é Galo Doido, uai!

Anúncios

Aqui é Galo Doido, uai! Ê Minas Gerais, sô!

27 de novembro de 2014

Galo Doido I

Homenagem a todosos os Atleticanos deste Mundão!

 

Câmara homenageia personalidades com a ‘Medalha Jubileu de Ouro – Construtores de João Monlevade’

27 de novembro de 2014

A Câmara de João Monlevade vai prestar homenagens àqueles que ajudaram a escrever a história do município. O Legislativo fará a entrega da ‘Medalha Jubileu de Ouro – Construtores de João Monlevade’ a 50 personalidades, em cerimônia aberta à população, na próxima segunda-feira, dia 1º de dezembro, às 19h, no Teatro Antônio Gonçalves, no Centro Educacional.

A iniciativa se deu por meio da Resolução 620/2014, de autoria da Mesa Diretora e aprovada pela unanimidade dos vereadores. Conforme redação do projeto, esta ação esta é mais uma iniciativa do Legislativo que visa não apenas celebrar os 50 anos de emancipação política de João Monlevade, completos no dia 29 de abril deste ano, mas sim homenagear aqueles que se destacaram e ajudaram a construir nossa cidade.Cada vereador indicou quatro pessoas para receber a homenagem, totalizando 44 indicados. Os outros seis nomes foram definidos por uma comissão, da qual participaram o procurador jurídico da Prefeitura, Teotino Damasceno Filho, a diretora da Fundação Crê-Ser, Helenita Lopes, as servidoras da Câmara, Cíntia Araújo e Elisângela Ferreira, e o jornalista Ulisses Santos, conforme previsto no projeto.

Para o presidente da Câmara, Guilherme Nasser (PSDB), a entrega desta medalha é um diferencial entre as ações comemorativas do cinquentenário do município. “Conseguimos abranger diferentes setores que juntos, fazem de fato a nossa cidade. Entre os indicados estão contemplados pessoas da área da educação, da área cultural, política, imprensa, empresarial e voluntários.”, declarou. Ainda segundo Nasser, estar presidente da Câmara nesta ocasião é realmente significativo. “Mais do que celebrar meio século da cidade, é justo e honroso lembrarmos de quem fez e faz a história do município. Por meio da entrega destas medalhas, a Câmara reverencia a todos que de fato, construíram nossa cidade”, disse.

Conheça os Homenageados:

27 de novembro de 2014

 

  1. Alpino Gonçalves de Assis
  2. Ananias Elias
  3. Antônio Henriques de Albuquerque (Padre Henriques)
  4. Antônio Gonçalves
  5. Carlos Ezequiel Moreira
  6. Carlos Jorge Teixeira (Padre Jorge)
  7. Ernesto Beaumont
  8. Eustáquio Ligório Bicalho
  9. Filomena Tomázia (Vó Mena)
  10. Francisco de Paula Santos
  11. Germin Loureiro
  12. Genilton Machado
  13. Gilza Maria Brum Nascimento
  14. Hélio da Silva Leite
  15. Jaci Silva
  16. Janildo Barbosa da Silva
  17. João Braga do Couto
  18. José Alves de Oliveira (Zezinho Foto Central)
  19. José do Carmo de Souza
  20. José Ferreira Soares
  21. José Maria Tadeu Martins de Barros
  22. José Martins de Figueiredo
  23. José Mauro Machado
  24. José Silvério
  25. Leonardo Diniz Dias
  26. Luiz Ernesto de Oliveira Guimarães
  27. Luzia Brandão Fraga de Souza
  28. Marc Meyers
  29. Marcelo Manuel de Melo
  30. Márcio Magno Passos
  31. Marcos Antônio Rosa de Souza (Padre Marcos)
  32. Maria das Dores Nepomuceno Leite (Dona Petiche)
  33. Maria Luzia de Oliveira (Dona Luzia do Cartório)
  34. Maria Viana Caldeira
  35. Mauri José Torres Duarte
  36. Maurício Reis
  37. Mercês Maciel Lopes (Mercezinha)
  38. Nicolau Alves Fernandes
  39. Pedro Victor Luzia
  40. Pergentino Maciel Moraes
  41. Reginaldo Campanati Antunes
  42. Romeu Roldan das Dores (Pastor Romeu)
  43. Sebastião José Ferreira Neto (Bêra)
  44. Sérgio Eleotério Coelho (Pastor Sérgio)
  45. Stanley Baptista de Oliveira
  46. Teófilo Izaías Neto
  47. Teotônio Cota
  48. Ulete Mota
  49. Vicente Correia Domingues
  50. Wander Wanderlei de Lima

 

Coral ArcelorMittal abre programação de final de ano em Monlevade

24 de novembro de 2014

O tradicional Coral ArcelorMittal Monlevade abre nesta sexta-feira, 28, a programação de final de ano em João Monlevade com um grande concerto aberto ao público no Anfiteatro do Centro Educacional. O espetáculo será às 20h. Os ingressos são gratuitos e deverão ser retirados a partir desta terça-feira, 25, na Livraria República Literária.

O Concerto de Final de Ano com o Coral ArcelorMittal Monlevade já é uma marca do Natal na região e sempre conta com grande público que prestigia um marcante show de luzes e sons. O grupo apresentará canções da Música Popular Brasileira e clássicos de Natal que marcaram gerações.

Formado em 2006, o Coral ArcelorMittal Monlevade é um dos mais importantes do município. O grupo vem se apresentando em vários eventos tanto em Monlevade quanto em cidades vizinhas. Nos últimos anos, o Coral ArcelorMittal Monlevade foi uma das atrações do Festival Internacional de Corais, realizado anualmente em Belo Horizonte e em cidades históricas mineiras. A regência do grupo está a cargo do músico Tó Vilela, um dos artistas mais representativos da cena cultural monlevadense.

Foto Coral

Concerto será na noite desta sexta-feira com entrada gratuita

Comentário de um flamenguista sobre o Galo e a Massa!

24 de novembro de 2014

Camisa 12 Galo

O que se lê agora é simplesmente do “Caralho”.  Todo atleticano deve ler este texto abaixo, mesmo que sejam apenas “simpatizantes”. Ainda mais os Militantes!

Veja que bacana o que um rapaz de 18 anos, flamenguista, escreveu sobre o Galo. De arrepiar!

“Eu detestava o Atlético Mineiro quando criança. Flamenguista fanático que sou, tinha o Galo como o meu maior inimigo fora do Rio, talvez. Nasci em 95, e até então, não tinha visto o clube levantar um caneco de expressão. Conhecia como o primeiro campeão brasileiro e como o time do Marques, apenas.

Como eu era pequeno, associava grandeza a títulos, e só. Não conseguia entender como aquela gente tão apaixonada, mesmo sem as conquistas, vivia lotando o Mineirão, agigantando o Galo em sua casa e me fazendo ter medo de enfrentá-lo em Minas. Não aceitava, também. Vivi uma época em que essa gente costumava se decepcionar quase que invariavelmente. E enquanto eu enchia a boca pra dizer “Isso aí é time pequeno!”, lá estavam eles, sempre juntos, na Segundona, na Primeira, no Mineiro, em BH, Ipatinga, Sete Lagoas, sempre em prol de uma causa, o Clube Atlético Mineiro. E isso me incomodava. O chato do Sub-Léo continuava a perturbar: “Eles se acham grandes, nunca ganharam nada!”. Hoje, se minha versão com 12 anos de idade parasse na minha frente, levaria um tapa. “São 42 anos sem ganhar algo importante. A Conmebol não vale nada!” Cala a boca, pivete!

O tempo passou e fui diminuindo minha rivalidade com times fora do Rio. Somado ao crescimento do meu sentimento nacionalista, passei a achar legal o bom desempenho do Brasil na Libertadores. E a representação mais clara de nosso futebol, em 2013, foi o Galo. Achei lindo aquele 5 x 2 lá na Argentina, assim como o início da campanha na Liberta. Mas não fui me envolvendo muito, só achava bacana. Aí chegou o dia 30 de maio e o adversário era o Tijuana, no Horto. Pra ser sincero, nem vi o início do jogo. O Galo já tinha a vantagem, e eu achei que fosse trucidar os mexicanos. Liguei a TV por curiosidade. Já estava no segundo tempo, e o jogo era tenso. Até que alguém de vermelho cai na área, o juiz aponta para a marca penal e algo jamais visto acontece: a Massa se cala. Ali, cheguei à conclusão que, por mais que eu me recusasse a aceitar, eu estava sim, torcendo pro Atlético levar essa. Fiquei triste ao ver aqueles 20 mil rostos em lágrimas, e passei a torcer para que elas não fossem de tristeza.Buscando me conformar com o injusto fim daquela excêntrica caminhada, disse: “Se essa bola não entrar, o Galo é campeão.”.

Então Riascos foi pra bola, um persistente pé esquerdo cismou em ficar parado ali no meio, transformou a data no dia de São Victor, e as lágrimas, enfim, foram de alegria. Vendo aquilo, sem acreditar, me emocionei. Ao olhar pro lado, vi uma gota cair do olho do meu amigo, botafoguense. Então a ficha caiu: Nessa Liberta, sou Galo! Mais do que isso: Não, eu não odeio esse time. Eu admiro! Vieram a semi e a final. Enquanto meu time teve dois jogos não muito importantes, deixei de vê-los para ver o Galo, algo completamente inimaginável três anos atrás. E se você não acredita, apenas imagine, por exemplo, um menino de frente pra TV, com a camisa do Flamengo, batendo a mão no chão de alegria pelo gol do Guilherme contra o Newell’s. Agora pense na mesma cena duas semanas depois, no gol do Léo Silva. Ali, o chato do Léo criança, enfim, reconheceria. Porque eu mesmo já tinha me convencido.

E convenhamos, com uma torcida dessa, resultados ficam em segundo plano. E que se danem os tantos anos sem nada! O Galo é enorme. Parabéns, Reinaldo, Éder, Isidoro, João Leite, Cerezo, Marques, Ronaldinho, Tardelli. Parabéns, São Victor. Parabéns, Kalil. Parabéns, Massa. E para você, que já acorda olhando de cara feia pro varal, feliz dia do atleticano. Porque contra o Galo, qualquer vento é só uma brisa. Salve Roberto Drummond!

Se era necessária uma conquista de mesmo tamanho para provar sua grandeza, Atlético, parabéns de novo. Você conseguiu. E enquanto ninguém tomar, a América é sua. Todo dia é dia do Galo. Mas escolheram só uma data: hoje. Então, feliz aniversário! O dia é seu, atleticano, assim como a América.

Há exatos 106 anos, 22 jovens se reuniram para fundar uma instituição e acabaram criando um estado de espírito. Quem o carrega, olha pro alto e enxerga preto e branco. Ou você vai ter a coragem de dizer pra eles que o céu é azul? Feliz dia 25 de março. Feliz 30 de maio. Feliz 24 de julho!

Parabéns, Clube Atlético Mineiro. Você é gigante.”

Meu adeus ao amigo “Piteco”. Vá em paz!

22 de novembro de 2014

Piteco e família

 

 

Na foto de Álbum de Família, o grande “Piteco” com a esposa e uma das filhas

Acaba de falecer em João Monlevade um grande amigo, o José Tavares, que todos conhecem por “Piteco”, aos 62 anos de idade. Um cara especial e que ontem, pela manhã, tive o prezer de reencontrar e bater uma prosa, no Hiper Mercado, sobre o seu Fluminense, seu América Mineiro e sobre Lavras Novas. Estava acompanhado da esposa, grande companheira. Hoje, por essas ironias, fazia novamente compras no Hiper Comercial, junto a uma das filhas, quando passou mal e sofreu um infarto. Um vizinho por 12 anos, ali na Rua itabira, no Bairro Lucília. Gente da melhor qualidade e que sentirei muita falta.

O Corpo será velado no velório Municipal e sepultamento será amanjhã, pela manhã, no cemitério do Baú.

Que Deus conforte a todos os familiares e amigos. Seu lugar estará bem guardado, meu amigo.

 

Postagem sobre possível candidatura de Dr. Railton a prefeito gera Manchete no Jornal “A Notícia”

21 de novembro de 2014

Manchete de hoje no jornal “A Notícia”: “Esposa de vice diz que prefeito usou Railton e depois jogou fora”. E, na chamada da 1ª página, o seguinte texto: A esposa do vice-prefeito, Valéria Maciel Silva, declarou em rede social que o grupo do prefeito Teófilo Torres (PSDB), após as eleições municipais, jogou Dr. Railton fora. “Eu digo que usaram e jogaram fora”, declarou, manifestando indignação ao fato do marido não ser ouvido pela atual administração. Segundo Valéria, apesar de médico há mais de trinta anos e conhecendo bem o setor, o vice-prefeito nunca é consultado para as decisões na área da Saúde. Página 3.

Só lembrar ao Editor do jornal, Erivelton Braz, e ao subeditor e meu amigoLuiz Ernesto Oliveira Guimaraes, que seria prudente citar a fonte da rede social. Tudo nasceu após uma postaqgem minha, primeiramente aqui em meu Blog, no dia 11 de novembro, intitulado “Eleições 2016: começam as especulações e Dr. Railton é um dos nomes à sucessão”, e depois em minha Linha de Tempo, na última terça-feira, dia 18, resumidamente.

Seguem abaixo os comentários que provocaram a reação da esposa do vice-prerfeito, Dr. Railton Franklin Silva.

 

Fernandocosta Balinha Da Costa:

QUEM VOTAR NO QUE ESTA EM MONLEVADE NAO MERECE IGUALAR AO BURRO OU JUMENTO RESPEITAM OS DOIS QUE ELES GOSTAM
18 de novembro às 10:57 · Curtir

Débora Mafra Espeschit:

Railton Franklin Silva seria ótima opção.
18 de novembro às 11:16 · Descurtir · 2

Carlos Marcio Soares Dos Santos:

Muito boa pedida.
18 de novembro às 11:21 · Descurtir · 2

Ze Afonso Lima:

Não tenho nada contra o Dr. Railton mas sinto q por ser êle o vice atual um homem de respeito independente financeiramente porem recebendo do erario o salário de vice me decepciona sua omissão principalmente no q diz respeito à saúde parece até q monlevade não tem vice
18 de novembro às 12:08 · Curtir · 3

Ida Martins Martins:

Esta informação é muito séria, e o Dr. Railton é candidato nota 1000.Conheço bem Dr. RAILTON, é homem competente, independente dele as ações mencionadas pelo caro sobrinho José Afonso.
18 de novembro às 13:19 · Descurtir · 2

Antonio Vieira de Paulo:

Há muito não voto e nem acompanho (de perto) a política em João Monlevade .Mas conheço o Dr . Railton e se votasse na cidade com certeza arriscaria um voto nele.
18 de novembro às 14:00 · Curtir

Wilson Starling Júnior:

Vai ser ótimo para nossa Monlevade. Voto e peço votos para eles.
18 de novembro às 14:33 · Descurtir · 2

Bernardo Prandini:

E para mim, Wilson Starling Júnior Starling ?
18 de novembro às 16:23 · Curtir

Ze Afonso Lima:

Tbm voto no Railtom so achoq ele por fazer parte desta adiministração poderia se posicionar mais contra o q ai esta pois tenho certeza q ele não concorda com isto
18 de novembro às 16:37 · Curtir · 1

Ida Martins Martins:

Bernardo, vamos fazer campanha para você.
18 de novembro às 18:03 · Curtir · 1

Bernardo Prandini:

Obrigado Ida Martins Martins
18 de novembro às 18:19 · Curtir

Sarah Maciel:

Uai, é? Não tô sabendo! hahaha
18 de novembro às 23:22 · Descurtir · 1

Valéria Maciel Silva:

Zé Afonso, entendo sua insatisfação mas Railton só teve voz para se posicionar durante a campanha eleitoral, quando lhe foi prometido diante de todo o povo, que o mesmo teria “carta branca na saúde”. Após eleição e com prefeito eleito, o vice não é nem mesmo participado do que será feito na saúde. É muito ético e ficará muito bravo com o que estou escrevendo mas eu digo que “usaram e jogaram fora”. Mas como foi “eleito pelo povo” irá ocupar seu cargo por 04 anos. Quanto à declaração de Marcelo, também não estou sabendo de nada. Pronto falei……… e doa a quem doer.
19 de novembro às 00:12 · Curtir · 2

Marcelo Melo:

Fala minha amiga Valéria Maciel Silva, tenho minhas fontes e posso garantir que, no momento atual, procede a informação. Mas como política é tal qual nuvem, mas caso seja mesmo candidato, será um ótimo nome.
19 de novembro às 08:27 · Curtir · 1

Valéria Maciel Silva:

Que Deus não te ouça Marcelo! Abraço/
19 de novembro às 10:21 · Curtir

Wilson Starling Júnior Starling:

Olha pelo que se sabe Railton não tem sido consultado e muito menos ouvido suas sugestões, suas opiniões e seu descontentamento. Fui Vereador junto com ele por isto sei de sua opção pelos pobres e pela melhoria na saúde. RAilton não aceita. Cabresto não.
19 de novembro às 13:59 · Curtir

Wilson Starling Júnior Starling:

Valeria deixa as coisas acontecerem naturalmente.
19 de novembro às 14:07 · Curtir

Valdir Guimaraes:

Railton é uma pessoa séria e tenho plena convicção que seria o melhor condidato para 2016.
19 de novembro às 14:58 · Curtir · 1

Márcio Gomes Martins:

Monlevade estaria bem representada com ele.
19 de novembro às 20:52 · Curtir

 

Casa de Cultura realiza 1ª Oficina Vieira Servas

20 de novembro de 2014

A Prefeitura de João Monlevade, por meio da Fundação Casa de Cultura, realizou na manhã da última terça-feira (18), a 1ª Oficina de Educação Patrimonial do Circuito Cultural Vieira Servas em João Monlevade.

O Patrimônio Cultural é o foco central do conjunto das iniciativas do Programa Circuito Cultural Vieira Servas (CCVS), que realiza diferentes atividades educativas com o objetivo de fortalecer os sentimentos de identidade e cidadania junto à população e grupos diversos da região do Médio Rio Piracicaba e, consequentemente, da nossa cidade. O Programa é desenvolvido pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), em parceria com a AMEPI (Associação dos Municípios do Médio Rio Piracicaba), e colaboração das Secretarias Municipais de Educação.

Cerca de 30 pessoas, entre representantes de escolas e entidades (irmandades, corporações, associações, grupos de congado, grupos musicais etc.) de Monlevade, participaram da oficina e têm a responsabilidade de repassar o conteúdo aos seus grupos.

O projeto terá continuidade no próximo ano, com realização de mais oficinas e exposições itinerantes com objetos que expressem a cultura local como fotos, cartas, receitas, imagens, estandartes, artesanato, etc.  As primeiras exposições itinerantes serão nas cidades de Nova Era, Catas Altas e São Domingos do Prata, sendo que João Monlevade participará na cidade de Nova Era.

C Cultura

Um grande número de presentes durante o encontro

(Foto: ACOM- PMJM)

Um pedido à Enscon

17 de novembro de 2014

As linhas de Ônibus 20, 141 e 151, que tinham como uma das rotas o ponto em frente ao Hipermercado, mudaram o itinerário e isso vem provocando alguns transtornos. Principalmente às pessoas mais idosas, clientes do estabelecimento. Segundo elas, os que não têm carro próprio, agora são obrigadas a desembarcarem no ponto final de Carneirinhos e caminhar a pé até o Hiper, o que é bastante inconveniente, principalmente na volta às casas, com as compras. Pedem que a empresa faça retornar com o antigo itinerário, como já ocorria a vários anos.