A ingratidão da diretoria do time celeste

Já dizia um dito popular que “O homem pode matar se for em defesa própria. Pode roubar se for para matar a fome de um filho. Mas jamais pode ser ingrato”. Mas isto que foi a diretoria e parte da torcida do Cruzeiro para com o técnico Marcelo Oliveira, demitido ontem depois dar dois títulos consecutivos de Campeão Brasileiro ao clube. Aliás, título este que o time celeste só havia conquistado uma vez, diga-se de passagem, em 2003, já que o de 1967 (Taça Brasil) foi um engodo do corrupto e ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, para agradar ao ex-jogador Pelé, que nunca conquistou um título de campeão brasileiro. E sai depois deste feito, contratando um ultrapassado Wanderlei Luxemburgo que, assim como Luiz Felipe Scolari, faz parte do retrocesso do futebol brasileiro, onde afundado em lama.

Parabéns, Marcelo Oliveira, pelo grande profissional que é, pelo caráter e duas vezes campeão brasileiro.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: