Audiência pública marcada por soma de esforços em prol do Hospital Margarida

Ocorreu na noite da última quinta-feira, dia 18,na Câmara de João Monlevade, a audiência pública em que se debateu o Hospital Margarida. Com ampla participação popular, o evento foi marcado pela clareza as informações e ainda, pelo compromisso de se somar esforços em prol da casa de saúde.

A mesa que conduziu os trabalhos foi presidida pelo vereador Belmar Diniz (PT), que foi o autor do requerimento que solicitou a audiência. Compuseram a mesa também o presidente da Câmara, Djalma Bastos (PSD), a secretária municipal de Saúde, Andréia Peixoto, o presidente da Associação São Vicente de Paulo, José Alberto Grijó, o vice-prefeito, Railton Franklin, e o gerente da Gerência Regional de Saúde (GRS), Alexandre de Faria Martins da Costa. Ocuparam as cadeiras do plenário os vereadores Guilherme Nasser (PSDB), Pastor Carlinhos (PV), Leles Pontes (PRB), Carlos Gomes (PSB), Sinval Dias (PSDB) e Telles Superação (PSC). Os demais edis justificaram ausência. Ainda participaram da audiência o presidente da Associação Médica de João Monlevade, Manoel Furtado; o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Décio de Souza; o ex-deputado Ronaldo Magalhães, representando o deputado Nozinho (PDT), além de representantes de diversas entidades.

A apresentação dos dados referentes ao Hospital Margarida ficou a cargo do contador Ledes Cota Júnior, que está há 11 anos na instituição. Conforme apresentado, em 2014, os custos para manter a instituição de saúde foi de R$34.404.208,00. Especificamente sobre as dívidas do hospital, o contador mostrou aos presentes que está em R$9.360.081,27. “Estas são de empréstimos feitos junto à Caixa Econômica Federal, banco Santander e também de um adiantamento junto à Unimed. Esta dívida tem um histórico, mas agora, em 2015, as parcelas estão sendo pagas em dia, estando esta questão sob controle”, disse.

Outro ponto abordado pelo contador foi sobre o atendimento feito pelo hospital aos moradores de municípios vizinhos. Conforme já noticiado, algumas cidades da região não têm ou já fecharam estrutura hospitalar, sobrecarregando o atendimento na casa de saúde. Desta forma, foi proposto aos prefeitos que contribuíssem com o custeio do Margarida, sendo pago ao hospital 50 centavos por habitante de casa município. O valor total pago ao hospital seria de R$74.642,50. Alguns municípios já estão contribuindo desta forma.

Defasagem do SUS e proposta de unificação

Ledes Cota apresentou ainda alguns dados referentes ao Sistema Único de Saúde (SUS). Conforme levantamento apresentado, os custos para atendimento aos pacientes do SUS em 2014 foi de R$23.164.739,00. No entanto, o repasse feito pelo Governo Federal foi de R$20.669.006,00, ou seja, não foi suficiente para pagar todo o custo, gerando assim o déficit. “No acumulado de 10 anos, o SUS gerou mais de R$73 milhões de receita, mas de despesa foi mais de R$138 milhões. Como o hospital é filantrópico e não gera capital, temos que recorrer a empréstimos para manter a instituição funcionando e salvando vidas. Contudo, reforço que o pagamento das parcelas está em dia e a situação financeira do Margarida vem sendo controlada cm trabalho diário”, destacou Ledes.

Sobre a unificação do Pronto Atendimento Municipal ao Hospital Margarida, a secretária de Saúde foi taxativa ao afirmar que está em fase de discussão. “Quando ocorrer será aos poucos. Estamos analisando toda a infraestrutura, questões de atendimento, logística, para que o atendimento à população não seja prejudicada. Este procedimento ocorrerá apenas no período noturno”, esclareceu Andréia.

Soma de esforços em prol do Margarida

Ao final da apresentação, a palavra foi aberta ao público para questionamentos e avaliações. Todos os questionamentos foram respondidos. Após, a palavra foi aberta às autoridades. Os vereadores elogiaram a clareza nas colocações do contador. O médico Manoel Furtado foi taxativo ao afirmar que os médicos estão sempre dispostos a ajudar o Hospital Margarida. “Enquanto presidente da Associação Médica e médico, afirmo que faremos o possível para sempre ajudar o hospital”, disse. O administrador do Hospital, Ronaldo Alvarenga, disse que vem ocorrendo uma análise e redução dos custos do Margarida, e que a situação vem sendo controlada. “Agradeço a todos que vem contribuindo. Esta foi uma oportunidade de esclarecer e mostrar que a situação não é a melhor, mas vem melhorando sim a cada dia. Mostramos nossa evolução com os números apresentados. Precisamos sempre desta soma de esforços para que o hospital continue funcionando e atendendo à população”, declarou. Ronaldo ainda esclareceu que as escalas de plantão médico estão fechadas, situação que não vinha ocorrendo, em especial na maternidade. “Graças ao esforço do hospital e dos médicos, estamos normalizando esta questão. Agradeço aos médicos por atenderem nosso pedido e ajudarem o Hospital Margarida”, destacou.

O presidente da Câmara, Djalma Bastos, reforçou as palavras do administrador. “Quero agradecer a presença de todos e parabenizar o hospital por nos trazer estes esclarecimentos. Tenho muito orgulho em ser vereador em João Monlevade, e enquanto político e cidadão vou sempre somar esforços em prol de uma instituição tão importante não só para João Monlevade, mas para toda região”, declarou Djalma, que foi aplaudido pelo público presente. O presidente da Câmara ainda destacou que a audiência foi muito positiva, pois a população pôde esclarecer suas dúvidas. ‘Mostrou transparência por parte do hospital e a vontade de todos, como sociedade, de ajudar a casa de saúde”, declarou. Belmar Diniz, autor do pedido de audiência finalizou o encontro. “Mostramos que este diálogo com a população é preciso e não é um bicho de sete cabeças. Agradeço a todos os presentes. O Hospital Margarida está acima de questões políticas ou partidárias. É dever de todos ajudar a instituição”, finalizou Belmar.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: