Casa de Cultura realiza mais uma etapa do processo de registro das guardas de Congado

A Prefeitura de Monlevade, através da Fundação Casa de Cultura e da Temporis Consultoria, está realizando o processo de registro das guardas de Congado de Nossa Senhora de Santana, do bairro Laranjeiras e São João, do bairro São João, como bens imateriais, junto ao Instituto Estadual do Patrimônio histórico e Artístico de Minas Gerais – IPHEA/MG. O mesmo trabalho já foi realizado com a Guarda de Marujos, há cerca de 4 anos, e, com esses dois novos registros, as três guardas estarão efetivamente registradas como bens imateriais de João Monlevade.

No último domingo, mais uma etapa deste processo foi realizada e consistiu nas entrevistas com as diretorias e os membros dos congados de Nossa Senhora da Santana e São João Evangelista. Com esta ação, o Prefeito Teófilo Torres atende a uma antiga reivindicação dos grupos, aprovada pelo Conselho Municipal de Patrimônio Cultural.

De acordo com a diretora presidente da Casa de Cultura, Claira Ferreira, este registro é importante tanto para os grupos quanto para o município, já que, enquanto para os grupos significa o reconhecimento da sua cultura e do importante papel que exercem junto à comunidade em que atuam, para o Poder Público é a possibilidade de se identificar, reconhecer e valorizar as manifestações culturais e os lugares onde estas se realizam, os saberes e as formas de expressões dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira. “Além disso, destacamos que, com o registro, será necessária a definição de estratégias de salvaguarda desta cultura tradicional e popular na nossa cidade, o que contribui para garantir a continuidade destas manifestações culturais futuramente”, explica Claira.

A documentação que comprova a atuação e história dos grupos de Nossa Senhora da Santana e São João Evangelista será enviada ao IEPHA no próximo mês, junto às demais atividades desenvolvidas pela Casa de Cultura no ano de 2015, a fim de se pleitear recursos de ICMS Cultural para João Monlevade para 2017. Vale lembrar que os trabalhos realizados no último ano resultarão em dividendos que serão repassados ao Fundo Municipal de Patrimônio Cultural de João Monlevade no próximo ano, o que garantirá apoio e manutenção dos bens registrados, inventariados e tombados em João Monlevade, além da promoção da educação patrimonial junto aos cidadãos.

Reunião guardas de congado (5)

Reunião das Guardas de Congado

(ACOM/PMJM)

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: