Falece Nilza Roberto. Vá em Paz, grande Dama!

Faleceu no dia de hoje a grande dama Nilza de Souza Roberto, a Matriarca da Família Roberto. Há pessoas que merecem ser homenageadas antes de sua morte, antes de se chamar saudade! E “Tia Nilza”, como carinhosamente a chamávamos, é uma delas. E, graças a Deus, tive a felicidade de prestar homenagens a esta dama,através do nosso jornal, o “Morro do Geo”, m nosso programa pela Rádio Cultura e em nosso Blog, como fiz em texto que escrevi no dia 4 de março de 2010, e que segue abaixo.

Que Deus conforte os amigos e familiares e amigos por esta perda irreparável. E sabemos, ela estará ao lado do Pai, pela pessoa bondosa e prestativa, que sempre foi em vida.

 

 

“Aproxima-se o dia 8 de março, quando é comemorado como o “Dia Internacional da Mulher”. E, antecipadamente, quero aqui prestar uma homenagem a uma mulher que eu compararia à minha mãe, saudosa Dona Geralda Batista de Melo. Esta, a melhor mulher de todas. Insubstituível. Mas quero saldar uma pessoa em vida, que ainda não chama saudade, como escreveriam Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito.

Quero entregar uma rosa, de preferência vermelha, à senhorita Nilza de Souza Roberto, carinhosamente chamada de “Tia Nilza”.
Nilza Roberto foi uma pioneira, que venceu preconceitos e quebrou tabus. Primeira mulher a trabalhar no Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de João Monlevade. Inteligente, altiva, foi também cantora e participava ativamente da sociedade. Mesmo negra na época em que os gringos eram os donos de nossa terra. Participava de programas de auditório na Rádio Cultura e chegou a desfilar sua beleza em concursos promovidos pelos clubes da época. Nilza escreveu a sua história como mulher e já tem sua obra eternizada.

Ela hoje é a matriarca da família Roberto, tradicional em João Monlevade. É o esteio dos irmãos, sobrinhos, cunhados e cunhadas. É a amiga que está pronta para atender a qualquer hora, sempre com seu sorriso franco, alegre e cujas rugas nem são percebidas. É a cozinheira que se planta no fogão e prepara uma comida que dá inveja a muitos chefs. E dali coordena tudo, com sua simpatia e que distribui empatia por onde passa. “Tia Nilza” é o tipo da mulher que manda sem dar ordens; que é severa sem trancar o semblante. Uma pessoa sábia, bendita e iluminada. A verdadeira mulher que nem se casou e nem pôde criar sua própria família, porque foi escolhida por Deus para se dividir entre os seus. Para ser o abrigo seguro de sua casa. Mesmo aos que seguiram rumos em outras terras.

E, já antecipando ao “Dia Internacional da Mulher”, declaro Nilza Roberto como a representante de todas as mulheres monlevadenses neste 8 de março. Está firmado. E obrigado, minha amiga, por existir”.

 

 Nilza
Nilza Roberto, uma mulher que merece um lugar especial no céu

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: