ETEs do Cruzeiro Celeste e Carneirinhos são discutidas em reunião na Câmara

As estações de tratamento de esgoto (ETEs) do Cruzeiro Celeste e de Carneirinhos foram assunto em reunião realizada na última quinta-feira, 23, na Câmara Municipal. Estiveram presentes o diretor geral do Departamento Municipal de Águas e Esgoto (DAE), Cleres Roberto de Souza, e o engenheiro da autarquia, Gilmar Rodrigues; o presidente da Casa, Djalma Bastos (PSD); e os vereadores Belmar Diniz, Gentil Bicalho (ambos do PT); Guilherme Nasser (PSDB), Fábio da Prohetel (PP), Cláudio Cebolinha, Lelê do Fraga (ambos do PTB), Toninho Eletricista (PHS), Thiago Titó (PDT) e Vanderlei Miranda (PR). Os vereadores Pastor Carlinhos, Revetrie da Saúde (ambos do PMDB) e Tonhão (PPS) foram representados por seus assessores parlamentares. A reunião foi solicitada pelo presidente Djalma Bastos tendo em vista que alguns vereadores manifestaram dúvidas com relação à situação das ETEs nas últimas reuniões ordinárias.

De acordo com Cleres, as obras da ETE Cruzeiro Celeste foram concluídas em 2011. Contudo, a estação ainda não está em funcionamento devido à falta de licença de operação, cuja documentação está em análise pela Superintendência Regional de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Supram) Leste, em Governador Valadares. “A licença de instalação foi autorizada em dezembro de 2013. Agora, estamos aguardando que a Supram analise a documentação e faça uma vistoria na área da ETE para que possamos colocá-la em operação”, declarou Cleres.

Gilmar explicou que como a obra da ETE Cruzeiro Celeste foi iniciada em 2009 sem o licenciamento de instalação, foi exigida licença corretiva pela Supram com inúmeras reivindicações a fim de conseguir a liberação de execução. “A obra foi inaugurada sem ter a liberação de funcionamento já que as condicionantes para tal não foram cumpridas. Somente em 2013, após a entrega do restante da documentação, é que a licença de instalação foi liberada”, afirmou.

Quanto à ETE Carneirinhos, Cleres disse que estão em execução as obras dos interceptores, faltando apenas o bairro Laranjeiras e algumas interligações. Até agora, já foram gastos mais de R$2 milhões. Além disso, o licenciamento de construção da ETE está em análise faltando o parecer da Supram e o registro de imóvel da nova área. “Houve algumas alterações no projeto da ETE Carneirinhos visando menor custo de operação. Com isso, iremos construir uma ETE mais moderna, sete gerações mais avançada que a planejada inicialmente, com alta redução de impacto ambiental e maior eficiência no tratamento de esgoto”, destacou o engenheiro.

A área onde será construída a ETE Carneirinhos fica localizada após o depósito de minério da ArcelorMittal Monlevade. Gilmar explicou que o projeto da obra já foi entregue à empresa e aguarda agora o documento de liberação da área pela ArcelorMittal. “Depois que o documento for liberado, a Supram precisa vistoriar a área. Temos disponíveis R$7 milhões para a realização da obra e o prazo para início da construção da ETE é dezembro deste ano. Caso isso não aconteça, Monlevade perde o recurso”, explicou Gilmar.

Preocupado com a situação, o presidente Djalma Bastos disse que a Câmara precisa unir forças junto a Supram para que as vistorias tanto na ETE Cruzeiro Celeste quanto na área onde será construída a ETE Carneirinhos sejam feitas o mais rápido possível. “O tratamento de esgoto em Monlevade é de extrema importância. Precisamos nos unir a fim de que a Supram venha o quanto antes ao município para realizar as vistorias. Não podemos perder o recurso e obras tão importantes como essas”, declarou Djalma.

Os demais vereadores demonstraram apoio a Djalma e disseram que vão cobrar da Supram as vistorias a serem feitas. “Não podemos cruzar os braços diante dessa situação e deixar que Monlevade perca o recurso para a construção da ETE Carneirinhos. Se for preciso, iremos até a Supram cobrar deles as visitas técnicas. Depois não adianta ir à tribuna e reclamar do DAE por ter perdido o recurso. O momento de cobrarmos uma ação da Supram é agora”, afirmou Guilherme Nasser.

Ao fim do encontro, o presidente Djalma Bastos sugeriu que fossem realizadas visitas à ETE Cruzeiro Celeste, à área onde será construída a ETE Carneirinhos e à Estação de Tratamento de Água (ETA) nas Pacas. As visitas serão agendadas nos próximos dias junto ao DAE.

 

Reunião discutiu assuntos de interesses coletivos

(Foto: Maria Tereza)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: