Guilherme Nasser questiona descaso do Dnit em construir passarela no trecho da 381 no bairro ABM

Durante a reunião ordinária dessa quarta-feira, 28, o vereador Guilherme Nasser (PSDB) usou a Tribuna para questionar o descaso do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) em não solucionar um problema antigo enfrentado diariamente por moradores dos bairros ABM e Vera Cruz que moram nas proximidades da BR-381.

Segundo o vereador, a reivindicação de uma passarela junto ao departamento no trecho próximo à RG Pneus é antiga. Contudo, o órgão federal não tem demonstrado interesse em realizar o serviço. “Já tratei desse assunto outras vezes aqui nessa tribuna, principalmente por causa do grande número de acidentes que ocorre naquele trecho. Essa semana tivemos mais um. Não podemos mais deixar que isso aconteça. Precisamos dessa passarela de maneira urgente”, ressaltou.

Guilherme comentou que em 2013 a Câmara solicitou a instalação de um quebra-molas no local a fim de minimizar os riscos de acidente e evitar que os veículos transitassem pela rodovia em alta velocidade. “Solicitamos o quebra-molas, ele foi feito, mas essa foi apenas uma alternativa paliativa. O que realmente precisamos é de uma solução definitiva para esse caso. Somente a construção de uma passarela naquele local evitaria muitos acidentes”, afirmou.

Por fim, Nasser pediu ao presidente da Casa, Djalma Bastos (PSD), que intervenha junto ao Dnit a fim de que a passarela seja realmente construída no local. “Sabemos da boa relação que o senhor (Djalma) tem com o departamento e, por isso, pedimos o seu apoio para que possamos colocar um ponto final nessa situação. Não podemos mais ficar a mercê do Dnit e de sua boa vontade. Estamos falando de vidas e precisamos de uma solução urgente”, concluiu.

Transtorno com os Correios

Outro assunto abordado por Guilherme durante a reunião foi sobre o transtorno dos moradores do bairro Planalto junto ao serviço dos Correios. Segundo o vereador, os nomes e CEPs das ruas estão devidamente regularizados e cadastrados, porém, os moradores não recebem suas correspondências em casa. “O Correio alega não ter mão de obra suficiente para atender ao Planalto e a outros bairros. Mas essas pessoas não podem ser lesadas. Elas estão sendo discriminadas”, criticou.

O vereador sugeriu que as correspondências que eram distribuídas pela agência dos Correios no bairro Cruzeiro Celeste, que foi fechada no fim de abril, passem para o Centro de Distribuição, localizado próximo ao Supermercado Fraga, e que não sejam mais distribuídas pela agência de Carneirinhos como tem sido feito. “É uma vergonha os moradores saírem de bairros como o Planalto para ir até Carneirinhos buscar suas correspondências. Eles têm o mesmo direito de receber suas cartas em casa como os moradores de qualquer outro bairro de Monlevade”, declarou.

Nasser explicou que caso as correspondências sejam encaminhadas ao Centro de Distribuição do Cruzeiro Celeste, os moradores do Planalto e adjacências poderão ir até o local para retirá-las. “Caso não seja possível usar o Centro de Distribuição para isso, podemos pensar numa possível parceria entre Correio e Prefeitura para utilizar parte do imóvel onde funciona a Casa do Bem Viver para envio das correspondências. Podemos sugerir, ainda, que um funcionário da Prefeitura seja disponibilizado para fazer a distribuição dessas correspondências aos moradores do bairro Planalto e região”, explicou.

Essa semana, Guilherme se reuniu com representantes da Associação dos Moradores do bairro Planalto (Ampla) que o procuraram para pedir orientação jurídica a fim de mover uma ação conjunta em desfavor dos Correios pelo não recebimento das correspondências. Os membros da associação disseram que os moradores do Planalto se sentem insatisfeitos com a situação e que vão lutar até o fim por seus direitos. “Podem contar comigo sempre para o que precisarem. O Planalto é um bairro novo e já conta com uma associação forte, que vai em busca de melhorias para a comunidade. A Ampla merece todo o apoio e respeito”, comentou.

Vereador Guilherme Nasser, durante uso da Tribuna 

(Fotio: ACOM/CMJM)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: