Câmara de São Gonçalo debate com a comunidade problemas ligados ao álcool e drogas ilícitas

20 de julho de 2018

Preocupada com o uso abusivo de álcool e outras drogas, a Câmara Municipal de São Gonçalo do Rio Abaixo vem promovendo desde o ano passado encontros para debater o assunto. Os encontros contam com a participação de vereadores, representantes da prefeitura, secretarias municipais, entidades, associações e a sociedade civil que discutem o assunto a fim de contribuir para a prevenção do uso de drogas.

Em parceria com a Secretaria de Educação, nas últimas semanas a Câmara de São Gonçalo aplicou um questionário para os alunos do 4º ano ao ensino médio. O material tem o objetivo de levantar fatores de risco e proteção para o uso de drogas pelas crianças, adolescentes e jovens no ambiente da escola, família, comunidade e entre os amigos. O questionário é composto por 80 questões sobre o cotidiano das crianças e dos adolescentes do município. São perguntas simples com resposta sim ou não. Este instrumento é indicado pelo curso “Prevenção dos problemas relacionados ao uso de drogas” da Universidade Federal de Santa Catarina. Os profissionais da Câmara já percorreram quase todas as escolas do mu nicípio. Até o momento já foram aplicados mais de 1200 questionários.

Um encontro será agendado com o executivo, legislativo e a sociedade civil para apresentação dos fatores de risco e proteção identificados. Na ocasião serão levantadas sugestões de ações de prevenção ao uso de drogas que possam ser implantada no município, inclusive campanhas a serem desenvolvidas pela Câmara.

Anúncios

Sr. Fransilva despede-se. Vá em Paz!

17 de julho de 2018

Faleceu na noite de ontem, no Hospital Margarida, o comerciante, contador e empresário aposentado Francisco Silva, popular Fransilva que, assim ficou conhecido e popular por ter sido o pioneiro, junto à Arpas, em lançar a 1ª Escola de Datilografia em João Monlevade. Senhor Fransilva, de 88 anos, diretor da Câmara de Dirigentes Lojistas de João Monlevade – CDL – por vários anos, foi sempre muito ativo junto à comunidade e deixou um legado importante para nossa cidade. Ultimamente estava um pouco adoentado devido à idade, mas ainda contando seus casos e guardando a sua história. Sempre que comparecia à sua casa, ele mostrava os seus arquivos, onde guardava tudo de forma bem organizada, desde as fotografias das viagens com a família, das escolas de Datilografia que fundou, dos tempos como diretor da CDL e também como membro da Cooperativa dos Empregados da Belgo-Mineira, Coopermon, onde trabalhou por um longo período. Era um historiador nato e tem um acervo incrível. Seu Fransilva deixa três filhos, netos e bisnetos. Vá em paz e Deus conforte os familiares e amigos!

Seu corpo está sendo velado no velório Municipal e o sepultamento será às 16 horas de hoje.

Na foto, dos tempos da Cooperativa, Sr. Fransilva sentado em sua mesa e atrás dele a sua Máquina de Datilografia (sua marca), ao lado do hoje também saudoso Geraldo Braga, então presidente da Coopermon. Na outra fotografia, recente, ele durante uma reunião da CDL.

Arcelor e Prefeitura lançam Campanha de Segurança nas Linhas Férreas

9 de julho de 2018

Moradores dos bairros José Elói, São Benedito e São João recebem orientações para travessia segura nas passagens de nível das linhas férreas e informações sobre como evitar acidentes com tren

A ArcelorMittal, em parceria com a Prefeitura Municipal e a  PHTransportes, juntamente com o apoio da Polícia Militar, deu início neste mês à Campanha de Segurança nas Linhas Férreas, para aos moradores dos bairros José Elói, São João e São Benedito, promovendo orientações sobre travessia nas passagens de nível e modos seguros de convivência com o tráfego de trens nos bairros.

O programa consta de encontros com os moradores e lideranças locais, colocação de placas de orientações nas passagens de nível e trabalho educativo com os alunos do Centro Educacional, Louis Ensch e do Projeto Vida Nova, além de panfletagem nos referidos bairros, que será realizada pela Prefeitura.

Nas reuniões, realizados nos dias 4, 5 e 6 de julho, um dia em cada bairro, funcionários da ArcelorMittal e da PH Transportes conversaram com os moradores explicando os pontos cruciais dos procedimentos a serem adotados, como travessias de dia e à noite, animais soltos nos trilhos e próximo às linhas, sinais de alerta e sistema de frenagem dos trens, estando vazios ou carregados.

Dicas de segurança, como não soltar pipa próximo à linha, não brincar nos trilhos, não colocar objetos nas linhas, não correr atrás do trem e nem pegar caronas, não mexer nos equipamentos da ferrovia, não pular nem atravessar entre vagões, ficar atento aos apitos e não atirar objetos nas composições, foram reforçadas pelos funcionários da PH.

Momento de explicação da Campanha pelo Analista de Comunicação da ArcelorMittal, Lucas Vilela

O risco de se passar nas passagens de níveis em Monlevade

8 de julho de 2018

Onde anda a segurança para motoristas, pedestres e para os próprios maquinistas nas passagens de níveis que existem aqui em Monlevade? Eu mesmo posso responder: bastante precária. E pude comprovar o fato pessoalmente, na noite de ontem, sábado, 7 de julho de 2018, às 19 horas e 37 minutos. Eu e Marcílio Silva  voltávamos do sítio de um amigo, em “Morro do Chapéu”, pela estrada do “Forninho”, e na passagem de nível próximo ao Baú, tão logo atravessamos a linha férrea da Arcelor/Mittal, foi que notamos que descia um trem em direção à Usina. Somente depois que foi dado o sinal com a sirene porque um outro veículo transitava atrás do carro em que estávamos. Não havia um sinal de “Pare” e muito menos uma sinalização adequada, como por exemplo um farol com luz vermelha, indicando a passagem de trem naquele instante. Não há segurança alguma. E sem fazer qualquer drama, o alerta de ontem poderia ter se transformado em um grave acidente.

É preciso que se coloque urgentemente uma cancela nas passagens de níveis antes que algum fato grave ocorra.

A Hipocrisia fede! E muito!

29 de junho de 2018

A hipocrisia fede! Conversando agora a pouco com o amigo Marco Dias (Marquinho do Kib´s Bar e Água Mineral), falávamos sobre o debate que se deu ontem na mídia esportiva pela forma como jogou a seleção do Japão, nos últimos cinco minutos da partida contra a Polônia. Mesmo perdendo por 1 a 0, o resultado lhe dava a classificação às oitavas porque Senegal era derrotada pela Colômbia. E foi o que ocorreu no Grupo. Colômbia classificada em 1º lugar e o Japão em 2º.

Ocorreu que a seleção asiática ficou em seu campo de jogo tocando a bola, durante quase 5 minutos. Mesmo correndo o risco de que, na outra partida, que ocorria no mesmo horário, pudesse sair um gol de Senegal. Aí, durante os comentários, o babaca do Galvão Bueno e outros globais que se acham os “moralisas de meia pataca”, teceram duras críticas à seleção japonesa. Segundo eles, o “anti-jogo”, falta de ética etc. Mas, pela regra do futebol existe por acaso um tempo determinado, como no basquete, para que o time possa ficar tocando a bola? Não. É feio, é… Mas “E o Kiko”? Como disse bem o Marquinho, fosse a seleção brasileira estivesse usando da mesma prática, o Galvão Bueno diria mais ou menos assim: “Este é o jogo da inteligência. Está correta a seleção brasileira. Desnecessário se expor a esta altura”… E bláblá-blá… A hipocrisia fede mesmo!

Cadastramento Escolar para 2019 termina sexta-feira

21 de junho de 2018

Termina nessa sexta-feira, dia 22, o Cadastramento Escolar para 2019, que vai garantir vaga para o estudante, na escola mais perto de sua casa.

Devem se cadastrar: todas as crianças com seis anos completos ou que completarão a idade até 30 de junho de 2019; alunos do EJA (Educação de Jovens e Adultos); alunos das séries intermediárias do ensino fundamental da rede particular, que desejam se transferir para a rede pública em 2019; alunos do ensino médio da rede particular, que desejam se transferir para a rede pública em 2019.

A Prefeitura lembra que o cadastramento deve ser feito no site www.educacao.mg.gov.br e não é necessário pagar taxa, mas quem não tem acesso à internet, pode procurar a Biblioteca Pública Municipal, localizada na avenida Getúlio Vargas, 4798, Carneirinhos, para fazer o cadastro, munidos da seguinte documentação: certidão de nascimento da criança; número do CPF da mãe e do pai; conta de luz.

Mais informações podem ser adquiridas na Secretaria Municipal de Educação, pelo telefone 3852-4313.

Jovens monlevadenses aprovam propostas em Plenária Municipal do Parlamento Jovem Minas 2018

21 de junho de 2018

Os estudantes monlevadenses participantes do projeto Parlamento Jovem Minas 2018 participaram nessa terça-feira, 19, da Plenária Municipal para aprovação das propostas que irão defender na Plenária Regional que será realizada no mês de agosto, em Monlevade.

O tema do projeto este ano é “Violência contra a Mulher”, que conta com três subtemas: ‘Violência Doméstica e Familiar’; ‘Violência nos Espaços Institucionais do Poder’ e ‘Violência e Assédio Sexual’. Ao todo, foram aprovadas seis propostas que irão constar no documento base a ser levado para a Plenária Regional. Os vereadores Vanderlei Miranda (PR), Belmar Diniz (PT), Leles Pontes (PRB) e Tonhão (PPS) prestigiaram os trabalhos. O presidente da Casa, Djalma Bastos (PSD), e demais vereadores justificaram ausência.

Conforme estabelecido pela equipe coordenadora do Parlamento Jovem Monlevade, composta pelas servidoras Evanir Gonçalves, Nilma Linhares e Giulia Leite, foram escolhidas duas propostas de cada subtema após dois meses de debate, oficinas, palestras e estudos sobre o assunto. Além de João Monlevade, que é município sede do Polo Metropolitano II, integram o projeto as cidades de Itabira, São Gonçalo do Rio Abaixo, Catas Altas, Conceição do Mato Dentro e Sabinópolis. Cada município vem realizando sua Plenária nos mesmos parâmetros estabelecidos por Monlevade.

A próxima etapa do projeto é a Plenária Regional, em que as 36 propostas do Polo Metropolitano II serão analisadas e votadas pelos estudantes das seis cidades. As melhores sugestões serão defendidas pelos jovens na Plenária Estadual, que ocorre entre os dias 19 e 21 de setembro, na Assembleia Legislativa, quando as 84 cidades se reúnem para escolher as melhores propostas que irão constar no documento final do Parlamento Jovem Minas 2018.

Conheça as propostas aprovadas na Plenária Municipal:

Subtema 1 – Violência Doméstica e Familiar

– Implantação de cobrança judicial imputada pelo Estado ao agressor das despesas médicas seja em âmbito físico ou psicológico decorrentes da violência contra a mulher principalmente no que diz respeito ao SUS;

– Incentivar a capacitação de professores e profissionais das escolas estaduais …

Subtema 2 – Violência nos Espaços Institucionais do Poder

– Tornar obrigatória uma cota para participação das mulheres no Poder Legislativo;

– Ampliação das atividades do CRAS para que seja integrada à sua responsabilidade a averiguação junto às empresas de casos de violência e assédio.

Subtema 3 – Violência e Assédio Sexual

– Ampliação dos bancos de DNA nos hospitais que executem exame de corpo de delito em casos de estupro;

– Oferecer redução fiscal a empresas que instaurem e mantenham abrigos voltados ao acolhimento de mulheres vítimas de violência.

Os vereadores Belmar Diniz e Wanderlei junto aos estudantes do Parlamento Jovem

(Foto: Maria Tereza – ACOM-JM)

Neymar não consegue a empatia como ídolo!

20 de junho de 2018

Ninguém está aqui chutando “cachorro morto”, ao criticar o Neymar. Aliás, ele está longe disto! No entanto, foi o próprio jogador que criou este seu estigma de “antipático”. Saber jogar bola, ele sabe, e é diferenciado! Mas é um mimadinho, adulado a todo momento. Na Copa de 2014, ninguém se esquece da falta que levou durante o jogo contra a Colômbia, nas quartas de finais. Mas dali a mídia que o mima e o protege tanto chegou a especular que “Neymar corria até o risco de ficar paraplégico”. Crucificaram o jogador colombiano como se o mesmo fosse um criminoso. E nada mudou de lá para cá.

Como defender um jogador que deveria ser referência como ídolo, como pessoa do bem, se, no seu próprio país de origem, ele conseguiu arrebanhar mais antipatia do que empatia? Pelas suas ações como pessoa pública. Ao contrário de outros ídolos e craques como ele, dando como exemplo apenas Cristiano Ronaldo e Messi. Não tenho mais nada a falar. Não estou aqui para julgar ninguém. Quem sou eu para isto? Apenas minha posição. E isto não tem nada a ver com a corrupção que tomou conta deste país.

Am Mestre Telê Santana e à Seleção Brasileira de 1982!

14 de junho de 2018

Há muitas histórias de copas do mundo, mas a que mais me marcou, como da grande maioria dos brasileiros de minha geração, foi a derrota da seleção brasileira (quando tínhamos orgulho dela), para a seleção italiana, naquele ano de 1982, no estádio do Sarriá, na Espanha. Paulo Rossi fez os três gols naqueles 3 a 2. Um time brasileiro, de jogadores brasileiros, atuando no Brasil. Apenas Falcão atuava pela Roma. Mas naquela Copa era Brasil! De Waldir Perez a Éder, passando por Leandro, Oscar, Luizinho, Júnior, Cerezzo, Falcão, Sócrates. Zico e Serginho. Ainda reservas como Edinho, Batista, Paulo Isidoro, Dirceu. E o Mestre Telê Santana no comando. Uma verdadeira seleção de craques, sem estrelismo, sem tatuagens, sem cabelos coloridos, sem tietagem e sem dancinhas.

Perdemos, é verdade, mas quem acompanhou aquela seleção, nunca mais se esqueceu dela. Jogava bonito. Afinal era Telê Santana no comando e que apreciava o futebol-arte. No entanto, por essas injustiças do destino, acabou perdendo duas copas do mundo seguidas (a outra seria em 1986, quando fomos eliminados nos pênaltis pela França de Platini). Mas Telê Santana deu a volta por cima. E por causa dele, tornei-me sãopaulino, assim que assumiu o São Paulo, em 1990. Mas Telê calou a boca de seus perseguidores, críticos de merda, e ganhou tudo com o tricolor paulista, fazendo prevalecer o seu futebol-arte, com Raí sendo o seu principal jogador. Sagrou-se Campeão Brasileiro (1991) Tri-Campeão Paulista (1991/92/93), Bi-Campeão da Copa Libertadores (1992/93), Campeão da Recopa Sul Americana (1993) e Bi-Campeão do Mundial Inter-Clubes (1992/93), onde venceu nas finais o Barcelona e o Milan, respectivamente. Aqueles que criticavam a sua forma de jogar bonito tiveram de engolir seco.

Ao Mestre Telê Santana, mineiro de Itabirito, e à Seleção Brasileira de 1982, eu sempre tirarei o meu chapéu!

Presidente da Câmara de Barão de Cocais visita Legislativo monlevadense

12 de junho de 2018

O presidente da Câmara Municipal de Barão de Cocais, vereador Leonei Morais Pires (PV), visitou o Legislativo monlevadense na última sexta-feira, 8. Leonei, que estava acompanhado pela procuradora jurídica Bianca da Silva Diogo, foi recebido pelo presidente da Casa, vereador Djalma Bastos (PSD), conforme foto abaixo. Na oportunidade, Leonei aproveitou para conhecer um pouco mais sobre o Posto de Identificação que funciona no prédio do Legislativo monlevadense. A exemplo de outros municípios da região, a procuradora Bianca Diogo disse que a Câmara de Barão também estuda a possibilidade de implantar o serviço. “Ficamos sabendo do serviço oferecido pela Câmara de Monlevade há pouco tempo e viemos até aqui para sabermos como ele funciona. O que mais nos chamou a atenção é o fato de o documento ser entregue na hora. Isso é um grande diferencial”, afirmou Bianca. Ao fim da visita, Djalma apresentou a Leonei e Bianca os gabinetes dos vereadores e os demais setores da Casa e colocou a Câmara à disposição para quaisquer esclarecimentos.

(Foto: Maria Tereza Bicalho)